Jornal do Brasil

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Economia

PIB chinês deve influenciar pregão global

Agência IN

Nesta quarta-feira, 16, as principais bolsas de valores globais devem apresentar ganhos, influenciadas pelo resultado do Produto Interno Bruto (PIB) da China. Diante deste cenário, os índices europeus e o indicador futuro das bolsas norte-americanas operam em campo positivo.

Na Ásia, as bolsas encerraram o pregão em alta, após o resultado do PIB da China surpreender de forma positiva no primeiro trimestre. O gigante asiático registrou no primeiro trimestre de 2014 um crescimento econômico anual de 7,4%, em clara desaceleração em relação ao trimestre anterior, informou nesta quarta-feira o Bureau Nacional de Estatísticas. 

Enquanto isso, na Europa, bolsas apresentam ganhos nesta manhã.

Na região, o índice de preços ao consumidor da Área do Euro subiu 0,5% entre março de 2013 e o último mês. O resultado ficou em linha com a sua prévia, divulgada no último dia 31 de março, representando a menor variação registrada desde novembro de 2009. Os preços de energia foram novamente os principais responsáveis pela desaceleração da inflação em março, com queda interanual de 2,1%.

Em Wall Street, o indicador futuro das bolsas norte-americanas aponta para uma abertura em campo positivo. Mas, investidores aguardam a divulgação da produção industrial de março.

Aqui no Brasil, o Ibovespa deverá acompanhar o cenário externo.

E abrindo a agenda de indicadores internos, a Fundação Getulio Vargas (FGV) anunciou que o Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) de 15 de abril de 2014 apresentou variação de 0,86%, 0,10 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa registrada na última divulgação.

Além disso, a FGV revelou que o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou, no segundo decêndio de abril, variação de 0,83%. No mês anterior, para o mesmo período de coleta, a variação foi de 1,41%.

Para finalizar, no mercado de câmbio, o dólar deverá apresentar perdas em relação às demais moedas globais.

Tags: ÁSIA, Bolsa, chima, economia, PIB

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.