Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Economia

Conab estima aumento de 1,1% na produção de grãos da safra 2013/2014

Agência Brasil

A produção de grãos deve chegar a 190,6 milhões de toneladas na atual safra, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O volume representa um aumento de 1,1% em relação à safra passada, que alcançou 188,7 milhões de toneladas, de acordo com as estimativas do 7º Levantamento de Grãos da Safra 2013/2014.

De acordo com a Conab, houve aumento de cerca de 1,9 milhão de toneladas em relação ao último levantamento, graças à recuperação das lavouras de soja e do milho segunda safra, que tiveram dados positivos, com menos influência das intempéries climáticas ocorridas nas regiões produtoras.

A cultura do trigo apresentou um incremento de 21,5% (1,1 milhão de toneladas a mais), atingindo 6,7 milhões de toneladas. O crescimento da soja ficou em 5,6% ou 4,6 milhões de toneladas a mais, atingindo 6,1 milhões de toneladas. No caso do arroz, houve aumento de 6,6% (779 mil toneladas), alcançando 12,6 milhões de toneladas. O feijão total (primeira e segunda safras) cresceu 25,1% (704 mil toneladas), chegando a 3,5 milhões de toneladas.

Já o milho total  sofreu redução de 7,4% (6,1 milhões de toneladas), devendo chegar a 75,5 milhões de toneladas. No ano passado, a produção ficou em 81,5 milhões de toneladas. O de primeira safra caiu 8,9%, totalizando 31,5 milhões de toneladas, e o de segunda, 6,4%, chegando a 43,9 milhões de toneladas.

O total de área destinada ao plantio de grãos deve chegar a 56,4 milhões de hectares, o que significa uma alta de 5,3% se comparado à área de 53,28 milhões de hectares da safra passada. A soja alcançou crescimento de 8,2%, passando de 27,7 milhões para 30 milhões de hectares. As outras culturas que tiveram elevação de área foram trigo (14,2%), arroz (0,7%), feijão total (9,2%), algodão (22,4%), mamona (28,5%), girassol (99,6%) e amendoim primeira e segunda safras (12,3%).

As pesquisas de campo para este levantamento foram feitas nas principais regiões produtoras de grãos do país, no período de 23 a 29 de março. No programa Bom dia, Ministro, produzido pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) em parceria com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, que foi ao ar hoje (10), Geller disse que o país terá uma “supersafra”, devido à organização do setor agrícola, com incorporação de novas tecnologias que ampliam a produção, e de políticas de apoio do governo, como crédito e seguro.

O ministro acrescentou que houve demora para os bancos fazerem a estruturação de novos programas de armazenagem e liberar os recursos, devido a problemas técnicos. “De janeiro para cá, deslanchou de forma extraordinária”, disse. Ele citou, como exemplo, o Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA). Dos R$ 4,5 bilhões previstos para o programa, já foram liberados R$ 3 bilhões.

Tags: AGRICULTURA, aumento, economia, grão, Produção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.