Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Economia

S&P rebaixa nota de 13 bancos privados brasileiros

Agência disse que não haveria novas revisões

Jornal do Brasil

Os bancos Itaú, Banco do Brasil, Bradesco, BNDES, HSBC, Santander, entre outros, tiveram suas notas de avaliação de risco cortadas nesta terça-feira (26) pela agência Standard and Poor’s. A decisão segue o corte feito para a nota do Brasil divulgada no início da semana.

A perspectiva de rating foi colocada pela agência como estável não sendo previstos novos cortes a curto prazo. As notas de outras 17 instituições financeiras e os nacionais de 26 foram colocados em observação com implicações negativas, o que significa que podem ser rebaixados. Entre as instituições que tiveram suas notas rebaixadas estão: Banco do Brasil, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Caixa Econômica Federal, Itaú-Unibanco, Bradesco, Itaú BBA, Santander, HSBC, Citibank, Banco do Nordeste do Brasil, Allianz Global, Sul América e Sul América Companhia Nacional de Seguros. 

A analista da S&P, Lisa Schineller, disse que reduzir os ratings de novo é realmente um cenário que a agência não está contemplando. Segundo ela, há uma confiança no Brasil e ressaltou afirnado que os parâmetros da economia brasileira "ainda estão no lugar". Schineller ressaltou ainda que no rebaixamento do Brasil foi levado em conta a menor transparência na execução fiscal e as decisões sobre o setor elétrico, com os subsídios para adiar reajustes nas contas de luz.

Lisa Schineller afirmou ainda que o governo anunciou recentemente cortes no orçamento, mas destacou que não seria fácil atingir o superávit pretendido pela equipe econômica sem recurso a algum tipo de ajuste, diante do baixo crescimento. Pesou, ainda, na redução da nota, o julgamento da correção das poupanças pela Justiça, que pode determinar que os bancos arquem com supostas perdas nas cadernetas com os planos econômicos das décadas de 1980 e 1990.

Tags: ainda, brasileira, economia, estão, lugar, parâmetros

Compartilhe:

Comentários

1 comentário
  • Dell Net

    A TAXA E GRANDE DE MAIS QUEM LEVA A MAIOR PARTE É EMPREGADO POLÍTICO, EMPREGADO DIRETOR DA INSTITUIÇÃO LEVA MENOS MERRECA MAS LEVA,A CORRUPÇÃO TA DEMAIS AKI VOLTA JANGO.QUEM FOI QUE ORDENO O EMPREGADO TIRA O PIJAMA E COLOCA A ROUPA VERDE, FARDA NAQUELE MOMENTO FOI PESADELO QUE AGORA ELE NUNCA DEVERIA TE ACORDADO.COMO FOI IDIOTA AQUELA ATITUDE DO PIJAMA TIRA-LO O BOM E QUE GANHAMOS VAMOS A CAÇA DESSES IDIOTAS QUE DERAM ORDEM PARA O PESADELO VOLTA JANGO.

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.