Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

Economia

Intenção de consumo das famílias cai 3,3% em março

Agência Brasil

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) teve uma redução de 3,3% em março, comparada à de fevereiro, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Para a CNC, as causas foram a alta mais forte no nível de preços, o nível elevado de endividamento e o crédito mais caro. Os dados foram divulgados hoje (18)

Também houve uma retração ainda maior na intenção de consumo em relação a março do ano passado de 5,1%. No entanto, o índice, que está em 125,5 pontos, continua acima dos 100 pontos, considerada zona de indiferença.

A redução no ICF foi mais intensa entre as famílias com renda de até dez salários mínimos, de 3,5% ante fevereiro. Para as famílias com renda maior que essa, o recuo foi 2,4%.

As capitais do Sudeste foram as que mais caíram no ICF, com redução 4,8%, seguidas pelas do Norte, onde a queda foi 4,3%. Na comparação com o ano passado, o Sul teve queda 9,8%, e o Nordeste, alta de 3,6%.

Todos os indicadores da pesquisa recuaram, tanto na comparação com fevereiro quanto em relação a março do ano passado. O nível de consumo atual, único índice abaixo dos 100 pontos, caiu 1,8% ante fevereiro e 4,9% na base interanual.

Tags: bens, comércio, confederação, nacional, serviços

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.