Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Economia

IBGE revisa projeção da safra agrícola que deve crescer 1,1% em 2014

Agência Brasil

O Brasil deve produzir até o fim do ano 190,3 milhões de  toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas. A quantidade é 1,1% maior que a safra agrícola de 2013, de 188,2 milhões de toneladas. A estimativa consta do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (PSA), divulgado hoje (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com os dados, a previsão de colheita é 1,8% menor que a verificada no mês de janeiro, quando o IBGE estimou safra de 193,9 milhões de toneladas de grãos para 2014. Apesar da queda na estimativa de produção, a projeção para a área a ser colhida aumentou 4,3% em relação a 2013, passando de 52,8 milhões de hectares para 55,1 milhões de hectares.

A redução na estimativa de produção, entre janeiro e fevereiro, se deve à projeção menor na colheita de café arábica (1,4%), café canephora (2,1%), feijão da segunda safra (0,9%), milho da primeira safra (1,9%) e soja (3,1%). Por outro lado, a oferta de cebola deve aumentar em 3,9%.

Os principais produtos da safra deste ano permanecem sendo o arroz, o milho e a soja, que juntos somam 92,5% da produção nacional de grãos e ocuparão 85,5% da área a ser colhida. Na comparação com 2013, o IBGE estima aumento de 6,4% na área plantada com soja e 1% na área plantada com arroz. Os hectares destinados à produção de milho devem diminuir 1,2%.

Entre as regiões do país, o Centro-Oeste lidera o volume da produção de cereais, leguminosas e oleaginosas, com 78,9 milhões de toneladas, seguido do Sul, com 70,7 milhões de toneladas e do Sudeste, com 18,7 milhões. Na comparação com 2013, a área plantada aumentou 40,1% no Nordeste, 5,6% no Norte e 0,6% no Centro-Oeste. Mato Grosso e Paraná lideram a produção.

Tags: AGRICULTURA, brasil, economia, percentual, taxa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.