Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Economia

Brasil deixará de importar diesel em até três anos

Agência Brasil

O diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Florival Carvalho, disse hoje (12) que o país poderá se tornar auto-suficiente na produção de óleo diesel em três anos, quando entrarem em operação as duas unidades de refino previstas para a Refinaria Abreu e Lima.

No 9º Seminário de Avaliação do Mercado de Derivados de Petróleo e Biocombustíveis, no Rio, o diretor previu que o mercado de combustíveis deverá se manter no mesmo ritmo de crescimento deste ano, expandindo entre 4% a 5%.

Em relação ao mercado de óleo diesel, os números da ANP indicam que o consumo de óleo diesel cresceu 4,6% em 2013, em relação a 2012, passando de 55,9 bilhões para 58,4 bilhões de litros.

“Deste total, o país teve que buscar no mercado externo cerca de 9,9 bilhões de litros do produto – o volume da nossa dependência externa. Com a entrada dos primeiros trens [unidades] da refinaria a dependência vai reduzir bastante, principalmente de óleo diesel, e devemos deixar de importar em um prazo de dois a três anos”, disse.

Com início de operação previsto para o final do ano, a Refinaria Abreu e Lima encontra-se com mais de 80% das obras concluídas. A primeira unidade terá início de operação em novembro, com capacidade de 115 mil barris por dia.

Quando a segunda unidade entrar em operação, serão processados 230 mil barris diários de petróleo, o que deverá acontecer em maio de 2015 – o equivalente a 11% da capacidade atual de refino de petróleo no Brasil.

A refinaria será a nossa unidade operacional com a maior taxa de conversão de petróleo em diesel: o equivalente a 70% de sua produção. A refinaria produzirá ainda derivados como nafta; coque de petróleo e gás liquefeito de petróleo.

Tags: agência, diesel, importação, nacional, Petróleo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.