Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

Economia

ANP: consumo de combustíveis no Brasil cresceu 5% em 2013

Agência Brasil

O consumo nacional de combustíveis cresceu 5% em 2013, em comparação a 2012, totalizando 136,2 bilhões de litros. Em 2012, as vendas de derivados no mercado interno haviam totalizado 129,6 bilhões de litros. Os dados foram divulgados hoje (12), pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), durante a realização do 9º Seminário de Avaliação do Mercado de Derivados de Petróleo e Biocombustíveis, realizado no escritório central da Agência, no Centro do Rio de Janeiro.

Eles indicam que o consumo de óleo diesel cresceu 4,6% na comparação entre 2012 e 2013, passando de 55,9 bilhões para 58,4 bilhões de litros; enquanto o aumento nas vendas de biodiesel atingiu 5,9%, passando de 2,7 bilhões em 2012, para 2,9 bilhões de litros em 2013. Já a comercialização da gasolina tipo C (a gasolina comum) chegou a 41,3 bilhões de litros, um aumento de 4,2% em relação aos 39,6 bilhões de litros registrados em 2012. Com o aumento de 20% para 25% do teor de adição de etanol anidro à gasolina A (para composição da gasolina C vendida ao consumidor) a demanda de etanol anidro automotivo aumentou 30,2%.

O consumo de etanol hidratado, que é injetado diretamente nos tanques dos automóveis nas bombas de todo o país, cresceu 9,5%, passando de 9,8 bilhões de litros para 10,7 bilhões de litros entre 2013 e 2013.

Como um todo, o etanol (anidro e hidratado) teve elevação de 18,8% em 2013 frente a 2012, passando de 17,7 bilhões de litros para 21,1 bilhões.

Os dados da ANP indicam, ainda, que as vendas de gás liquefeito de petróleo aumentaram 2,7%, passando de 12,9 bilhões para 13,2 bilhões de litros. O levantamento aponta alta de 26,8% no consumo nacional de óleo combustível, com a demanda passando de 3,9 bilhões para 4,9 bilhões de litros.

Os únicos dois derivados a presentar redução de consumo foram o querosene de aviação, que teve a sua comercialização reduzida em 0,9%, de 7,2 bilhões para 7,2 bilhões de litros; e o gás natural veicular, que teve redução ainda maior: 3,7%. Foram comercializados em 2012, 5,3 milhões de metros cúbicos diários, volume que caiu para 5,1 milhões de metros cúbicos por dia em 2013.

Tags: agência, consumo, dados, nacional, Petróleo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.