Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Economia

Alimentos pressionam inflação em São Paulo

Agência Brasil

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) na cidade de São Paulo, atingiu 0,57% na primeira prévia de março, o que é 0,05 ponto percentual acima da variação registrada no fechamento de fevereiro (0,52%).  Dos sete grupos pesquisados, alimentação foi o que mais pressionou o índice, ao passar de 0,51% para 0,83%.

A segunda maior influência partiu do grupo habitação, porém os preços subiram, em média, com menos intensidade, ao passar de 0,49% para 0,43%. Em transporte, a taxa foi bem superior ao encerramento de fevereiro, com variação de 0,67% ante 0,49% e também ficou acima da medição passada, o índice observado no grupo vestuário, com aumento de 0,19% ante uma oscilação negativa de 0,02%.

Em despesas pessoais, a expressiva influência sobre o resultado geral nas últimas pesquisas perdeu importância, com um aumento médio no grupo de 0,67% ante 0,83%, ficando na quarta colocação entre as classes de despesas que mais contribuíram para a inflação no período. Ocorreu ainda redução no ritmo de alta nos grupos saúde (de 0,68% para 0,42%) e educação (de 0,41% para 0,25%).

Tags: brasil, economia, índice, inflação, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.