Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

Economia

Produção de petróleo e gás cai 2,2% em janeiro

Agência Brasil

A produção total de petróleo e gás natural da Petrobras no Brasil, em janeiro, ficou 2,2% abaixo do total produzido em dezembro de 2013, quando atingiu 2,36 milhões de barris de óleo equivalente por dia (bopd). No primeiro mês do ano o registro é 2,31 milhões de bopd, mas se for incluída a produção operada pela Petrobras para seus parceiros no Brasil, o volume de janeiro foi um pouco maior e alcançou 2,43 milhões de bopd.

No mesmo mês somente a produção de petróleo da Petrobras no Brasil teve a média de 1,91 milhão de bopd, que também representou uma queda (2,4%) na comparação com o mês anterior (1,96 milhão de bopd). Houve uma elevação, no entanto, quando acrescentada a parcela operada para as empresas parceiras, chegando a 1,99 milhão de bopd.

Já nas áreas do pré-sal nas bacias de Santos e Campos, a produção média mensal de petróleo atingiu em janeiro o recorde de 358 mil  bopd. Isso equivale a mais 13 mil bopd na média mensal registrada em dezembro de 2013 (345 mil bopd).

Segundo a empresa, a interrupção da produção na plataforma P-20, no Campo de Marlim, para efetuar reparos nos danos causados pelo incêndio no sistema de produtos químicos da plataforma, e da parada para manutenção do Floating Production Storage and Offloading Brasil (FPSO - unidade industrial flutuante utilizada para produção, processamento de petróleo e gás, armazenamento e escoamento da produção de petróleo para navios aliviadores), no Campo de Roncador. As duas unidades instaladas na Bacia de Campos, foram as causas da redução na produção de petróleo em janeiro na comparação com o mês anterior. A companhia acrescentou que a venda da sua participação no Parque das Conchas, antigo bloco BC-10, também provocou impacto na produção do mês de janeiro. “Com o desinvestimento, a companhia deixou de contabilizar uma produção de 12 mil bopd”, explicou em nota.

De acordo com a Petrobras, a P-20 produzia até a paralisação, 22 mil barris por dia. A expectativa da empresa é que a plataforma volte a operar ainda no primeiro trimestre de 2014. Além disso, a interrupção da produção da unidade industrial flutuante FPSO Brasil provocou redução da produção de 29 mil bopd no mês. A companhia informou que a FPSO está sendo desmobilizado e os seus poços estão em processo de remanejamento para outras plataformas do Campo de Roncador, também na Bacia de Campos.

Já na produção de gás natural, foram produzidos 62,51 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d)  no primeiro mês do ano. Se incluída a parcela operada pela Petrobras para as empresas associadas, o total sobe para 70,14 milhões de m³/d. Esse patamar ficou no mesmo nível de dezembro de 2013.

A plataforma P-55, no Módulo 3 do Campo de Roncador, que está sendo interligada a novos poços e vai possibilitar o aumento do volume a ser produzido em 2014, entrou em produção no dia 31 de dezembro de 2013. Na avaliação da Petrobras, a plataforma tem capacidade de produzir até 180 mil bopd. Na mesma unidade, foi instalado, em janeiro, o primeiro gasoduto (riser rígido), que viabilizará a exportação de gás.

Tags: estatal, gás, Petróleo, plataformas, Produção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.