Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Economia

Banco Central da Ucrânia limita retiradas bancárias

Agência Brasil

O Banco Central da Ucrânia anunciou hoje (28) a imposição de um limite máximo de retiradas bancárias, na ordem de 1,1 mil euros. O anúncio ocorre em meio à crise política e social que afeta o país, que está em um cenário de iminente bancarrota. A moeda ucraniana, a grivna, já perdeu cerca de 25% de seu valor desde o início do ano.

A Ucrânia enfrenta o risco de não cumprimento de seus compromissos financeiros caso não receba rapidamente ajuda internacional. O novo presidente, Arseni Iatseniuk, disse que a dívida pública está em US$ 75 bilhões (54,3 bilhões de euros), cerca do dobro do nível registrado em 2010, quando o presidente destituído pelo Parlamento, Viktor Ianukóvitch, chegou ao poder.  A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional, Cristine Lagarde, disse esta semana que o organismo está “pronto para responder” a um eventual pedido de ajuda da Ucrânia. 

Tags: CONFLITO, crise, economia, política, protesto, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.