Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Economia

Brasileiros já pagaram R$ 300 bilhões em impostos no ano

Jornal do Brasil

O impostômetro da Associação Comercial de São Paulo atingiu nesta terça-feira (25), a marca de R$ 300 bilhões (por volta de 14h). O valor representa a estimativa de gastos que os brasileiros tiveram com impostos, taxas e contribuições desde o começo do ano.

No ano passado, a marca dos R$ 300 bilhões foi alcançada apenas em 8 de março, ou seja, 11 dias depois. Na prática, isso significa que a arrecadação aumentou de um ano para outro.

O Impostômetro aponta o valor total de impostos destinados à União, aos Estados e aos municípios. O valor é atualizado em tempo real e fica exposto em um painel na sede da Associação Comercial, no centro de São Paulo.

>> Governo arrecada R$ 123,6 bilhões e bate novo recorde histórico

>> Salários, bens e serviços impulsionaram arrecadação recorde

>> Arrecadação federal deve crescer 3% em 2014, diz Receita

>> Dívida pública recua 3,6% em janeiro, para R$ 2,04 trilhões

>> Com ações do BC para segurar dólar, dívida cambial atinge maior nível em 11 anos

Considerando-se todo o ano de 2013, a arrecadação estimada pelo Impostômetro foi de R$ 1,7 trilhão, um recorde. Em 2012, o Impostômetro ficou em R$ 1,5 trilhão em impostos arrecadados.

Em nota, o presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Rogério Amato, destaca a necessidade de redução da carga tributária e, também, de simplificação do sistema.

"A arrecadação no Brasil é como uma espiral: é imposto sobre imposto sobre imposto. Precisamos, com urgência, de um processo de simplificação tributária, para que a cobrança fique clara. Isso precisa ser feito com racionalidade", diz. 

Tags: arrecadação, economkia, federal, impostos, receita, tributos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.