Jornal do Brasil

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

Economia

Ibovespa registra alta de 0,19%

Agência IN

O principal índice acionário da BM&FBovespa, o Ibovespa, fechou o pregão desta sexta-feira, 21, em alta com investidores ainda absorvendo as notícias sobre a meta fiscal. O pregão nacional registrou valorização de 0,19%, aos 47.380 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 5.588 bilhões.

Entre as oscilações positivas em destaque na sessão estão os papéis da LOJAS RENNER (ON), que avançaram 4,36%, e da ALL AMER (ON), que apresentaram alta de 3,17%. Em contrapartida, entre os destaques negativos, estão os papéis da BRASKEM (ON), que recuaram 3,03%, e da SOUZA CRUZ (ON), que apresentaram queda de 2,84%.

Na agenda de indicadores internos, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) teve variação de 0,70% em fevereiro e ficou próximo da taxa de janeiro (0,67%). Para os dois primeiros meses do ano, a variação situou-se em 1,37%. No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA-15 ficou em 5,65%, perto dos 12 meses imediatamente anteriores (5,63%). Em fevereiro de 2013, a taxa havia sido de 0,68%.

E o déficit da balança comercial em janeiro fez o rombo das contas externas iniciar o ano com novo recorde. Segundo números divulgados pelo Banco Central, as contas externas encerraram o mês passado com resultado negativo de US$ 11,591 bilhões, alta de 2,1% em relação a janeiro do ano passado e o maior valor mensal da história.

Na Europa, as bolsas fecharam em alta com o FTSE 100 de Londres subindo 0,37% a 6.838, 06 pontos. O DAX 30 de Frankfurt subiu 0,40% a 9.656,95 pontos e o CAC 40, em Paris, teve alta de 0,59% a 4.381,06 pontos.

Nos Estados Unidos, a venda de casas usadas nos Estados Unidos caiu em janeiro a seu nível mais baixo em 18 meses, segundo dados publicados nesta sexta-feira pela Associação Nacional de Agentes Imobiliários norte-americanos (NAR).

A revenda de casas caiu 5,1% em relação a dezembro, a 4,62 milhões de unidades em termos anuais, quando os analistas previam uma queda menor, a 4,7 milhões de operações, contra 4,87 milhões em dezembro.

Tags: alta, Bolsa, economia, mercado, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.