Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Economia

Brasil criou em janeiro mais de 29 mil empregos formais

Resultado é 2,4% superior ao registrado em igual período de 2013

Jornal do Brasil

O Brasil criou em janeiro 29.595 vagas com carteira assinada, resultado 2,4% superior ao registrado em igual período do ano passado, quando foram criados 28,9 mil empregos formais. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho 

O resultado ainda é preliminar e deve aumentar ao longo do ano. Os 29.595 empregos do mês passado são o resultado de 1.778.077 contratações com carteira assinada, menos 1.748.482 demissões no período. 

De acordo com o ministro do Trabalho, Manoel Dias, o saldo desde janeiro de 2011 é de 4.511.820 novos postos criados. Segundo ele, o governo mantém a meta de criar, ao longo de 2014, entre 1,4 milhão e 1,5 milhão de novos empregos. No ano passado, foram criados 1,11 milhão de vagas, pior resultado em dez anos e 14,1% menor do que o registrado em 2012.

O setor que mais contribuiu para o resultado de janeiro foi a indústria da transformação, que criou 38.516 postos. Em seguida, vem a construção civil, com 38.058, e o setor de serviços, com 24.681. Por outro lado, o comércio brasileiro registrou a eliminação de 78.118 vagas no mês passado. Segundo o ministério do Trabalho, isso se deve à demissão de funcionários temporários, contratados apenas para o período de Natal.

A maior parte das novas vagas criadas em janeiro foram nas regiões Sul e Centro-Oeste do país. Santa Catarina liderou a criação de empregos, com 18.317, seguido por Paraná, com 11.991, e Mato Grosso, com 10.264 novos postos. A maior queda, de -21.548, foi no Rio de Janeiro, puxada pelo setor de comércio (-17.679 vagas).

Tags: caged, carteira, economia, empregos, formais, vagas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.