Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Economia

CEO da Telecom garante que não há propostas pela TIM

Agência ANSA

Após uma reunião em Brasília com o ministro das Comunicações do Brasil, Paulo Bernardo, o CEO da Telecom Italia, Marco Patuano, reafirmou o caráter estratégico da TIM Brasil para o grupo e negou que exista alguma oferta pela operadora brasileira. Em entrevista à ANSA, o executivo disse que veio ao país para falar justamente sobre os boatos de que a empresa poderia ser vendida.    

"Nós viemos conversar com o ministro porque nos últimos meses houve muitas especulações sobre a TIM Brasil. Por isso era oportuno que a Telecom Italia apresentasse ao governo brasileiro, em primeira pessoa, a sua própria posição", declarou. E a garantia contra uma possível negociação é o plano de investimento da Telecom para a sua controlada.    

Para este ano, a companhia italiana prevê aplicar R$ 4 bilhões na operação brasileira. Até o final de 2016, essa quantia deverá superar os R$ 11 bilhões. "Não existe nesse momento nenhuma oferta pela TIM. Eu nunca vi uma situação em que uma companhia que está para ser fechada aumenta os próprios investimentos", acrescentou Patuano, que também se reuniu com membros da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).    

Os boatos sobre a venda da TIM aumentaram depois que a Telefónica, dona da Vivo, aumentou sua participação na Telco, detentora de 22,4% da Telecom Italia. No final do ano passado, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) determinou que o grupo espanhol reduza seu controle sobre o mercado de telefonia móvel nacional. 

Tags: celular, economia, operadora, TELECOM, telefonia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.