Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Economia

Exportações do agronegócio caem 10,8% e reduzem superávit

Agência Brasil

A balança comercial do agronegócio abriu 2014 com superávit (exportações maiores que importações) de R$ 4,4 bilhões, registrado em janeiro. Apesar de positivo, o resultado é inferior ao superávit de US$ 5,1 bilhão registrado no mesmo mês do ano passado. O motivo foi a queda de 10,8% no valor exportado, que ficou em US$ 5,87 bilhões. As importações ficaram em US$ 1,46 bilhão, estáveis frente a janeiro do último ano. As informações foram divulgadas hoje (12) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Os produtos agrícolas que puxaram o recuo nos ganhos com exportações foram o milho, com US$ 374 milhões, ou 39,5% menos em ingressos financeiros, e o complexo sucroalcooleiro, com US$ 356 milhões ou 26,6% menos. Entre os produtos que ajudaram a amenizar a queda estão o complexo soja, com US$ 213 milhões mais do que no último mês, e os produtos florestais, que contribuíram com aumento de US$ 151 milhões nas exportações.

O maior valor exportado no mês ficou com o setor de carnes, que vendeu US$ 1,27 bilhão. A carne bovina foi responsável pela maior parte dos ganhos, com exportações de US$ 555 milhões. O montante foi 7,7% superior ao registrado em janeiro do ano passado. Os demais tipos de carne tiveram redução nas vendas externas.

Tags: AGRICULTURA, Balança, bovina, carnês, comercia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.