Jornal do Brasil

Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

Economia

Taxas de juros de operações de crédito têm elevações em janeiro

Agência Brasil

As taxas de juros das operações de crédito registraram elevação no início de 2014 em razão do aumento da Taxa Básica de Juros (Selic) promovida pelo Banco Central em janeiro, de acordo com a Pesquisa de Juros da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

No caso da pessoa física, das seis linhas de crédito pesquisadas, só o cartão de crédito ficou estável: juros do comércio, cheque especial, empréstimo pessoal-bancos, empréstimo pessoal-financeiras e CDC-Bancos-financiamento de automóveis tiveram elevação. A taxa de juros média geral para pessoa física apresentou elevação de 0,05 ponto percentual no mês, correspondente a uma elevação de 0,89% no mês e 1,19% em 12 meses.

Para as pessoas jurídicas as três linhas de crédito foram elevadas no mês, com aumento da taxa de juros média geral de 0,04 ponto percentual no mês, correspondente a uma elevação de 1,23% no mês e 1,47% em 12 meses. De acordo com a pesquisa, a taxa passou de 3,25% no mês em dezembro para 3,29% no mês em janeiro.

Na avaliação do diretor executivo de estudos econômicos da entidade, Miguel José Ribeiro de Oliveira, em razão dos atuais indicadores de inflação, que mostram pressões inflacionárias, e o fato de o índice oficial de inflação estar bem acima do centro da meta do Banco Central, haverá nova elevação da taxa básica de juros (Selic). “Por conta disso é provável que as taxas de juros das operações de crédito voltem a ser elevadas nos próximos meses”.

De acordo com os cálculos, se forem consideradas todas as elevações da taxa básica de juros (Selic) promovidas pelo Banco Central desde janeiro do ano passado, no período de 12 meses houve uma elevação da Selic de 3,25 pontos percentuais (elevação de 44,83%) e de 7,25% ao ano em janeiro de 2013 para 10,50% ao ano em janeiro de 2014.

“Neste período a taxa de juros média para pessoa física apresentou uma elevação de 4,78 pontos percentuais (elevação de 5,39%) de 88,61% ao ano em janeiro de 2013 para 93,39% ao ano em janeiro de 2014. Nas operações de crédito para pessoa jurídica houve uma elevação de 3,73 pontos percentuais (elevação de 8,53%) de 43,74% ao ano em janeiro de 2013 para 47,47% ao ano em janeiro de 2014”, disse a Anefac.

Os dados mostram ainda que os juros do comércio tiveram elevação de 2,35%, passando a taxa de 4,25% ao mês em dezembro, para 4,35% ao mês em janeiro. O cartão de crédito manteve a taxa estável em 9,37% ao mês. Para o cheque especial houve uma elevação de 0,75%, passando a taxa de 7,97% ao mês em dezembro de 2013, para 8,03% ao mês em janeiro.

No empréstimo pessoal pelos bancos a elevação alcançou 1,88%, passando a taxa de juros de 3,20% ao mês em dezembro, para 3,26% ao mês em janeiro. Para empréstimo pessoal pelas financeiras a elevação chegou a 0,56%, passando a taxa de juros de 7,16% ao mês em dezembro, para 7,20% ao mês em janeiro.

Tags: banco, brasil, central, economia, taxa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.