Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

Economia

Conselho da Telecom dificulta venda da TIM Brasil

Agência ANSA

O conselho de administração da Telecom Italia aprovou nesta quinta-feira (6) por unanimidade um "procedimento reforçado" para uma eventual venda da TIM Brasil, ou de ativos avaliados em mais de 2 bilhões de euros (R$ 6,5 bilhões). Ou seja, isso deve tornar mais difícil a cessão da operadora brasileira.    

A partir de agora, qualquer proposta pela TIM deve ser imediatamente levada ao CEO da Telecom, que por sua vez precisa comunicar o presidente do conselho, o presidente do colégio sindical e um diretor independente. Se todos acharem que a oferta deve seguir adiante, ela é apresentada de maneira preliminar ao conselho de administração, e todos os seus membros deverão declarar eventuais conflitos de interesses.    

Depois disso, o presidente, o diretor independente e o presidente do colégio sindical se envolverão diretamente nas tratativas, fornecendo aos sócios um "fluxo completo e imediato de informações". Para que a operação seja concluída, é necessária a aprovação no conselho, após o parecer de um comitê independente, que vai avaliar o interesse da sociedade na venda, a conveniência do negócio e o respeito a todas as condições pré-estabelecidas. 

Em caso de parecer negativo, a cessão deverá ser referendada por dupla maioria no conselho, ou seja, uma envolvendo todos os conselheiros e outra levando em conta apenas o voto dos independentes. Caso a posição do comitê seja positiva, a votação será por maioria simples entre os membros que não tenham conflito de interesse na operação.    

A reunião também definiu que Aldo Minucci será o presidente da Telecom Italia pelos próximos três meses. Ele vinha ocupando o cargo interinamente desde a renúncia de Franco Bernabè em outubro do ano passado.

Tags: brasil, celular, itália, operadoras, tim, venda

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.