Jornal do Brasil

Segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Economia

Decisão da Petrobras de adiar balanço patrimonial foi técnica, diz Mantega

Agência Brasil

A decisão da Petrobras de adiar o balanço patrimonial do quarto trimestre de 2013 foi “técnica”, disse hoje (5) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Para Mantega, as especulações do mercado sobre o assunto são “um absurdo”. "[A decisão] é só para que possamos ter mais tempo para ter os dados que serão apresentados na próxima reunião”, disse o ministro, que é presidente do Conselho de Administração da estatal.

Mantega deu as declarações ao deixar reunião no Senado Federal para discutir o indexador da dívida dos estados. Os números deveriam ser disponibilizados no dia 14, mas agora serão divulgados somente no dia 25. A decisão assustou o mercado e as ações da Petrobras tiveram forte queda no pregão desta quarta-feira da Bovespa.

Tags: ações, balanço, economia, mercado, Petrobras, queda

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.