Jornal do Brasil

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Economia

Educação e despesas pessoais elevam o custo de vida em São Paulo

Agência Brasil

A inflação na cidade de São Paulo encerrou janeiro com alta de 0,94%, segundo a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), pressionado principalmente pelo grupo Educação que registrou um avanço de 6,95% ante 0,07% no mês anterior.

A taxa é superior à apurada em dezembro (0,65%), mas é um pouco mais baixa do que a medida em igual período de 2013 (1,15%). No acumulado desde janeiro do ano passado, o índice atingiu 4,85%.

O segundo grupo com maior peso sobre a inflação no mês foi o de Despesas Pessoais que passou de uma alta de 0,79% para 1,96%. No acumulado desde janeiro do ano passado, esse grupo também ocupa a segunda posição com elevação de 7,66%.

No grupo Habitação, o índice ficou praticamente estável, com 0,57% ante 0,56%. Esse grupo acumula a menor taxa em um ano (2,54%). Em Alimentação, houve um pequeno avanço, de 0,65% para 0,7%, com alta, em 12 meses, de 6,16%. No grupo Saúde, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou decréscimo de 0,34% ante 0,35% e acumula uma taxa de 7,44%, em 12 meses.

Em Transportes também houve redução no ritmo de correções com alta de 0,6% ante 0,9% e uma variação de 2,95% em um ano. Já o grupo vestuário registrou queda de 0,25% ante uma alta de 0,83%. Desde janeiro do ano passado, esse grupo acumula alta de 2,76%.

Tags: . taxa, brasil, economia, percentual, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.