Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

Economia

Balança comercial inicia 2014 no vermelho

Déficit foi de US$ 4,06 bilhões em janeiro, o pior resultado mensal desde o início da série

Jornal do Brasil

A balança comercial brasileira iniciou 2014 no vermelho e registrou um saldo negativo de US$ 4,06 bilhões em janeiro. É o pior resultado já apurado em todos os meses, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (3) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

No mês, a exportação alcançou US$ 16,027 bilhões, a segunda melhor média diária para meses de janeiro, US$ 728,5 milhões, sendo superada apenas por janeiro/2012 (US$ 733,7 milhões). Sobre janeiro de 2013, as exportações registraram crescimento de 0,4%, e retração de 26,6% em relação a dezembro de 2013, pela média diária.

As importações totalizaram US$ 20,084 bilhões e média diária recorde para meses de janeiro de US$ 912,9 milhões. Sobre igual período anterior, as importações registraram crescimento de 0,4%, e de 5,4% sobre dezembro de 2013, pela média diária.

No período, a corrente de comércio alcançou valor recorde para meses de janeiro de US$ 36,111 bilhões. Sobre igual período do ano anterior apresentou aumento de 0,4%, pela média diária. 

Acumulado de doze meses

Em períodos de doze meses, as exportações somaram US$ 242,238 bilhões. Sobre o período fevereiro/2012-janeiro/2013, quando as exportações atingiram US$ 242,404 bilhões. Houve queda de 0,9%, pela média diária.

As importações totalizaram US$ 239,694 bilhões, crescimento de 5,3% sobre o mesmo período anterior, de US$ 225,740 bilhões, pela média diária.

O superávit comercial, em doze meses, acumula US$ 2,544 bilhões, valor 84,7% abaixo de equivalente período anterior (US$ 16,664 bilhões).

A corrente de comércio aumentou 2,1%, pela média diária, de US$ 468,144 bilhões para US$ 481,932 bilhões.

Tags: economia, exportações, importações, Ministério, queda

Compartilhe:

Comentários

1 comentário
  • gabriel velasco

    Isso é Brasil né...

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.