Jornal do Brasil

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

Economia

Ministro diz que governo criará 2,5 milhões de vagas no mercado de trabalho

Manoel Dias ressaltou que 3,5 milhões de novas vagas já foram criadas

Jornal do Brasil

O ministro do Trabalho, Manoel Dias, disse nesta quinta-feira (30) que o Brasil pode chegar ao fim de 2014 com total de 6 milhões de novas vagas de emprego, das quais já foram criadas 3,5 milhões. Mais cedo, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que o desemprego no país é o menor dos últimos 11 anos. A taxa oficial em dezembro de 2013 ficou em 4,3%.

“Alcançaremos 5,5 milhões de empregos [de saldo durante o governo Dilma], mas esperamos  alcançar 6 milhões de novas vagas apenas no governo da presidenta Dilma Rousseff, que nada mais faz do que a obrigação”, disse o ministro. Manoel Dias participou do lançamento de um termo de compromisso pelo emprego e trabalho decente na Copa do Mundo de 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016.

>> Desemprego fecha 2013 com menor média anual da série histórica

>> Taxa de desemprego caiu sete pontos percentuais desde 2003

>> Ministro não vê surpresa nos dados do emprego

De acordo com o IBGE, o desemprego no país caiu em 2013. A taxa média foi de 5,4%, um pouco menor do que o percentual de 2012 (5,5%). O rendimento do trabalho subiu para R$ 1.966 em dezembro do ano passado, 3,2% acima do resultado do mesmo mês de 2012.

O ministro não comentou denúncias de esquema de criação de sindicatos por meio de pagamento de propina. “Essa é uma questão criminal, meu advogado que está tratando e  vai responder sobre isso”, declarou.

Tags: emprego, Ministério, queda, recorde, Trabalho

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.