Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Economia

Alta da Selic causa redução na oferta de crédito em 2013

Agência Brasil

O saldo das operações de crédito do sistema financeiro chegou a R$ 2,715 trilhões, em dezembro de 2013, com crescimento de 14,6% em relação ao final de 2012. O crescimento do saldo ficou  próximo do que foi projetado pelo BC (14%). Os dados foram divulgados hoje (29) pelo Banco Central (BC).

A expansão do crédito em 2013 apresentou ritmo de menor  crescimento do que em 2012 (16,4%). De acordo com o relatório do BC, a alta de 2,75 pontos percentuais na taxa básicas de juros, a Selic, no ano passado, foi um dos fatores que influenciaram o menor ritmo de crescimento do crédito. A  Selic serve de referência para as demais taxas no mercado. Outro fator foi o “menor dinamismo do consumo das famílias”.

Esses fatores influenciaram o crédito livre, em que taxas de juros e destinação de recursos são livremente definidas pelos bancos. As operações do crédito livre tiveram participação de 55,5% no total de crédito do sistema financeiro.

Em 2013, o estoque de crédito correspondeu a 56,5% de tudo o que o país produz (Produto Interno Bruto – PIB), acima do percentual registrado em dezembro de 2012 (53,9%). A estimativa do BC para o crédito em relação ao PIB era 56%.

Tags: banco, brasil, central, economia, Juros, taxa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.