Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

Economia

Empresas brasileiras mantiveram estável procura por crédito em 2013

Agência Brasil

São Paulo - O movimento de empresas em busca de crédito ao longo de 2013  permaneceu estável na média, segundo o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito. No entanto, o desempenho é de recuperação de atividades, já que entre 2011 e 2012 houve queda de 5,2%.

Dois dos três perfis das empresas analisadas apresentaram alta: de grande porte, com elevação de 18%, e de tamanho médio, com crescimento de 3,8%. As micro e pequenas empresas reduziram a procura em 0,5%.

De acordo com as justificativas apontadas pela Serasa, pelo fato de as micro e pequenas empresas representarem 90% do universo pesquisado, o pequeno recuo nesse segmento é suficiente para neutralizar o avanço nos demais.

Na análise técnica da instituição, o resultado foi influenciado pela “ continuidade das sucessivas elevações da taxa básica de juros (Selic), provocando o encarecimento do crédito corporativo, e as incertezas quanto ao cenário econômico doméstico”.

O levantamento mostra ainda que os segmentos de serviços foram os que mais procuraram crédito, com um aumento de 3,5%, seguidos pela área industrial (1,6%).  Nas empresas do ramo comercial, ocorreu queda de 3,2%. A Região Centro-Oeste liderou o movimento, com crescimento de 1,6%. No Norte, ocorreu alta de 1,,3%); no Nordeste, de 0,6%; e no Sudeste, de 0,1%.  Houve recuo apenas na Região Sul (-1,7%).

Tags: brasil, economia, empresa, experian, Serasa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.