Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

Economia

Cartes considera grande gesto político visita de ministros brasileiros

Agência Brasil

Brasília - A aproximação entre o Brasil e o Paraguai com a visita dos ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, e das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado, é considerada pelo presidente paraguaio, Horacio Cartes, “um grande gesto político” do governo da presidenta Dilma Rousseff. Segundo Cartes, seu país pode representar boa oportunidade para o Brasil desenvolver sua produção industrial.

Figueiredo Machado se reúne hoje (16) com Horacio Cartes e com o chanceler paraguaio, Eladio Loizaga Caballero, na capital Assunção, para discutir os principais temas da agenda bilateral, com ênfase em infraestrutura. Eles também vão tratar da próxima reunião da Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, em Caracas, na Venezuela, que ocorrerá no fim do mês.

Na segunda-feira (13), Fernando Pimentel reuniu-se, em Assunção, com o ministro paraguaio da Indústria e Comércio, Gustavo Leite, e com o chanceler paraguaio. Entre outras questões, foi discutido o envio de missões paraguaias ao Brasil em 2014 para apresentar o vizinho a investidores brasileiros.

O comércio bilateral entre o Brasil e o Paraguai superou a cifra de US$ 4 bilhões em 2013, com aumento de aproximadamente 12% em relação ao ano anterior. Ao longo desse período, verificou-se também aumento de 14% nas exportações brasileiras e de 10% nas importações de produtos paraguaios, na comparação com o ano de 2012.

Tags: brasil, economia, horacio, PARAGUAI, visita

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.