Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Economia

Bill Gates foi quem mais ganhou dinheiro no mundo em 2013

Portal Terra

Os mais ricos do planeta ganharam US$ 524 bilhões em patrimônio líquido coletivo em 2013, de acordo com informações do Índice de Bilionários da Agência Bloomberg com as 300 pessoas mais endinheiradas do mundo divulgadas na quarta-feira. Bill Gates foi a pessoa que mais ganhou no ano, conforme o levantamento.

O patrimônio líquido total dos maiores bilionários do mundo foi de US$ 3,7 trilhões no fechamento do mercado no dia 31 de dezembro, de acordo com o ranking. Os maiores ganhos vieram da área de tecnologia, que subiram 28% durante o ano. Das 300 pessoas que apareceram no ranking final de 2013, apenas 70 registraram prejuízo líquido no período de 12 meses.

"Os ricos vão continuar ficando mais ricos em 2014", afirmou John Catsimatidis, o bilionário fundador do conglomerado imobiliário e de energia Red Apple Group. "As taxas de juros permanecerão baixas, os mercados de ações continuarão subindo, e a economia vai crescer menos de 2%", complementou.

Bill Gates, o fundador e presidente da Microsoft foi o maior ganhador do ano. A fortuna do magnata de 58 anos aumentou US$ 15,8 bilhões e chegou a US$ 78,5 bilhões, de acordo com o índice, com as ações da empresa, a maior fabricante de software do mundo, em alta de 40%. Isso fez com que ele recuperasse o posto de homem mais rico do mundo no dia 16 de maio, tirando a vaga do empresário mexicano das telecomunicações Carlos Slim.

Sheldon Adelson, fundador da Las Vegas Sands Corp , maior empresa de casinos do mundo, foi o segundo maior ganhador de 2013, somando US$ 14,4 bilhões ao seu patrimônio líquido, como as ações da empresa subindo 71%.

Segundo a lista, o brasileiro Jorge Paulo Lemann, ficou com o posto de segundo homem mais rico da América Latina e o primeiro do Brasil, atrás apenas de Carlos Slim. O brasileiro tem um patrimônio de cerca de US$ 22 bilhões, US$ 51 bilhões menor do que o do mexicano, que tem fortuna avaliada em US$ 73 bilhões.

Tags: bloomberg, fortuna, patrimônio, pessoal, ranking

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.