Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

Economia

Ucrânia, segurança e união bancária: principais temas da cúpula europeia

Agência Brasil

Brasília - Líderes europeus se reúnem hoje (19) e amanhã (20) em Bruxelas, na Bélgica para a cúpula do Conselho Europeu, que reunirá representantes dos 28 países do bloco. Entre os temas que deverão ocupar a agenda do encontro estão a crise na Ucrânia, a política comum europeia em defesa e segurança, a recuperação econômica do bloco e o estabelecimento da União Bancária Europeia.

A questão da Ucrânia – que, há semanas, enfrenta diversas manifestações em prol da associação do país à União Europeia (UE) – deverá ser um dos principais assuntos na pauta dos chefes de Estado e de Governo nesses dois dias. Ontem (18), o governo ucraniano firmou com a Rússia, seu parceiro mais tradicional, uma série de acordos, entre os quais, um sobre o reajuste do preço do gás importado pelos russos e outro para a compra de US$ 15 bilhões em títulos públicos.

No último domingo (15), a UE havia recuado em relação à associação ucraniana e informou que voltaria a negociar com o país depois que o governo se mostrasse mais disposto. Na cúpula do conselho esta semana, apesar dessa hesitação do bloco e do acordo firmado na quarta-feira com a Rússia, a União Europeia ainda deverá mostrar disposição em ter a Ucrânia como membro.

Na tentativa de conciliar o movimento oposicionista e o governo ucranianos, o bloco deverá sugerir que haja mediação da Alta Representante para Relações Exteriores e Política de Segurança da UE, Catherine Ashton; do Comissário da UE para o Alargamento, Stefan Fule, e do Ministro de Relações Exteriores da Lituânia, Linas Linkevicius. A Lituânia é o país que preside o bloco até o final de 2013. Em 2014, a Grécia assume a presidência rotativa. Espera-se que essa proposta de mediação seja lida pelo presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy.

Em relação à política comum do bloco em defesa e segurança, os dois principais temas deverão ser o fortalecimento da aproximação entre a UE e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e a redução do orçamento europeu para fins militares, devido à crise econômica no continente. O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, foi convidado a participar de um jantar de trabalho hoje.

O tema econômico de destaque na cúpula será a criação da União Bancária Europeia, que tem de ser estabelecida até 2016. A União compreende um sistema de supervisão, que será feito pelo Banco Central Europeu; a reestruturação do sistema de liquidez dos bancos, a cargo da Comissão Europeia; e um fundo de reserva, formado pela contribuição dos bancos nacionais, que poderão ser acessados em caso de necessidade de liquidez ou de problemas financeiros.

Outras questões que deverão ser tratadas no encontro são a criação de empregos no bloco, especialmente para jovens; a questão migratória, com ênfase na região do Mediterrâneo; e competitividade.

Tags: brixelas, encontro, europe, líderes, reunião

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.