Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Economia

Gripen NG fará parte da frota brasileira em 2018, diz Aeronáutica

Portal Terra

O comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, afirmou que o primeiro lote de caças Gripen NG - a serem produzidos em parceria entre a sueca Saab e a brasileira Embraer - deverão compor os esquadrões brasileiros em cinco anos. O primeiro lote deverá ter de três a seis aeronaves.

"Em 48 meses depois da assinatura do contrato, deverão estar chegando os aviões", afirmou Saito. Segundo o ministro da Defesa, Celso Amorim, as negociações em torno do contrato levarão de dez a 12 meses.

Segundo Saito, após entregue o primeiro lote, a entrega anual deverá ser de 12 aviões. O contrato, no valor de US$ 4,5 bilhões (R$ 10,47 bilhões), é para um total de 36 unidades. 

Um dos fatores que mais pesaram na escolha brasileira pelo Gripen NG foi a transferência de tecnologia. As autoridades brasileiras garantem que a oferta sueca prevê 100% de transferência de tecnologia. "É o avião completo. Quando terminar o desenvolvimento, teremos propriedade intelectual a esse avião. Acesso a tudo", afirmou Saito. Na prática, é a liberdade para que o País produza novos modelos.

Tags: aeronaves, compra, economia, fab, suecas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.