Jornal do Brasil

Sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Economia

Reunião de presidentes tenta achar saída para a Ucrânia

Agência Brasil

Brasília - Manifestantes na Ucrânia aguardam o resultado da reunião de hoje (17) entre o presidente do país, Viktor Yanukovich, e o russo, Vladimir Putin. Os líderes discutem proposta da Rússia para ajustar os preços do gás ucraniano. De acordo com o líder do partido governista Regions (Regiões, em inglês), Oleksandr Yefremov, a estatal ucraniana Naftogaz Ukrainy e a empresa russa Gazprom têm um acordo pronto para ser assinado. 

Na comissão bilateral, reunida hoje (terça-feira), acordos econômicos, comerciais e de cooperação serão assinados. Na madrugada de hoje, a Praça da Independência e a Rua Kreshchatike, na capital Kiev, continuaram ocupadas por manifestantes da oposição, que pedem a associação do país à União Europeia (UE), em oposição à tradicional aliança com a Rússia. 

Assembleia popular para discutir a visita da comissão ucraniana a Moscou e para decidir sobre a continuidade dos protestos está prevista para hoje.

A situação da Ucrânia será discutida nesta semana na reunião do Conselho Europeu da União Europeia. No último domingo (15), a UE decidiu suspender as negociações com o país até que o governo demonstre mais comprometimento em firmar um acordo. 

A suspensão das negociações entre o bloco europeu e a Ucrânia foi anunciada no mesmo dia em que cerca de 200 mil pessoas se reuniram em protesto. A população tem se manifestado nas últimas semanas contrariamente ao presidente Viktor Yanukovich, que adiou a adesão da Ucrânia à UE devido à pressão da Rússia.

Tags: economia, euro, Europa, russia, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.