Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Economia

Emprego industrial sobe 0,1% em outubro, mas não repõe perdas

Agência Brasil

Rio de Janeiro – O total de pessoas ocupadas na indústria brasileira voltou a crescer na passagem de setembro para outubro, com uma leve alta de 0,1%, depois de cinco meses de quedas. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o aumento não foi suficiente para repor a perda de 1,8% acumulada nos cinco meses anteriores.

Na comparação com outubro de 2012, foi observada queda de 1,7%, a quinta consecutiva neste tipo de comparação. Este foi o maior recuo desde setembro de 2012 (-1,9%). O emprego industrial acumula perdas da força de trabalho de 1% no ano e no acumulado dos últimos 12 meses.

Comparando-se outubro deste ano com o mesmo período do ano passado, 13 das 18 atividades industriais pesquisadas tiveram queda no pessoal ocupado, com destaque para produtos de metal (-5,7%), máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (-5,1%), máquinas e equipamentos (-3,5%) e calçados e couro (-5,2%).

O número de horas pagas também cresceu entre setembro e outubro (0,3%) e caiu nas demais comparações: outubro de 2013/outubro de 2012 (-2%), acumulado no ano (-1,1%) e acumulado de 12 meses (-1,1%).

Já a folha de pagamento real teve o comportamento inverso, caindo na comparação com setembro (-0,8%), mas crescendo na comparação com outubro de 2012 (1,2%), no acumulado do ano (2,3%) e no acumulado de 12 meses (3,7%).

Tags: brasil, crescimento, economia, IBGE, industria

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.