Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Economia

Tombini assegura que regime de câmbio flutuante não sofre agressão

Agência Brasil

Brasília – O programa diário de intervenções do Banco Central (BC) no mercado não agride o sistema de câmbio flutuante, disse o presidente da autarquia, Alexandre Tombini, em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. 

“Temos um sistema [em] que a primeira linha de defesa é a flutuação cambial [taxas de câmbio definidas no mercado]”, ressaltou. De acordo com Tombini, a acumulação de reservas internacionais pelo BC gera a capacidade de o país atuar no sentido de prover proteção cambial para a economia em momentos de variações abruptas no câmbio. 

Hoje, Tombini voltou a dizer que manterá, em 2014, o programa de atuação diária no mercado de câmbio, com ajustes. O BC anunciou este programa em agosto deste ano. Na época, o BC informou que o objetivo do programa era assegurar proteção ao risco cambial, criando-se uma proteção às empresas com dívidas em dólar e liquidez (dólares disponíveis) ao mercado de câmbio. O presidente do BC disse que no final da próxima semana, será divulgado como se dará a continuidade do programa.

 

Tags: BC, brasil, Câmbio, economia, presidente

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.