Jornal do Brasil

Sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Economia

Ibovespa quebra sequência de alta e registra queda de 0,34%

Agência IN

O principal índice acionário da BM&FBovespa, o Ibovespa, fechou a sessão desta terça-feira em queda, e quebra a série de três altas com pregão de fraco volume. A bolsa brasileira registrou desvalorização de 0,34%, aos 50.993 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 4.206 bilhões.

Entre as oscilações positivas em destaque na sessão estão os papéis da GAFISA (ON), que avançaram 3,82%, e da PDG REALT (ON), que apresentaram alta de 3,07%. 

Em contrapartida, entre os destaques negativos, estão os papéis da COPEL (PNB), que recuaram 3,46%, e da TRAN PAULIST (PN), que apresentaram revés de 3,11%.

Na agenda de indicadores internos, a Fundação Getulio Vargas (FGV) revelou que o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) variou 0,32%, na primeira prévia do mês de dezembro. Para o mesmo período de apuração do mês anterior, a variação foi de 0,30%.

Além disso, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que o aumento no ritmo da produção industrial nacional na passagem de setembro para outubro, série com ajuste sazonal, foi observado em 11 dos 14 locais pesquisados, com destaque para Ceará (3,8%), Pernambuco (2,9%), Pará (2,6%) e São Paulo (2,5%).

No mesmo sentido, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) revelou que depois de dois trimestres consecutivos de queda, os custos da indústria brasileira voltaram a subir. O Indicador de Custos Industrias aumentou 3,6% no terceiro trimestre em relação ao período imediatamente anterior. Todos os componentes do indicador - custos de produção, de capital de giro e tributário - subiram no terceiro trimestre na comparação com o segundo.

Na Europa, as bolsas fecharam em queda com o FTSE 100 de Londres caindo 0,55% a 6.523,31 pontos. O DAX 30 de Frankfurt caiu 0,88% a 9.114,44 pontos e o CAC 40, em Paris, caiu 1,04% a 4.091,14 pontos.

Nos Estados Unidos, a probabilidade de uma redução dos estímulos do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) aumentou com os dados de emprego nos Estados Unidos, disse um diretor do banco central na véspera. James Bullard, presidente da representação regional do Fed de Saint Louis (Missouri, centro) também defendeu que o comitê de política monetária do Fed (FOMC) comece a "reduzir levemente" a partir de dezembro as injeções de liquidez no sistema financeiro.

Tags: baixa, Bolsas, economia, mercado, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.