Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Economia

SP: Impostômetro da Associação Comercial registra R$ 1,5 tri na segunda 

Agência Brasil

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai marcar R$ 1,5 trilhão nesta segunda-feira (9), por volta das 10h. No ano passado, o valor foi alcançado somente dia 28, o que sinaliza aumento da carga tributária. 

O presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Rogério Amato, comenta o registro. "Não somos contra o pagamento de impostos. O problema é que o crescimento tributário é mais acelerado que o do Brasil e isso tudo não é revertido em bons serviços de saúde, de transporte, de educação. E a economia está sendo drenada", afirma Amato. 

Pelo portal www.impostometro.com.br, é possível levantar os valores que as populações de cada estado e município brasileiro pagaram em tributos e também visualizar o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado. 

Natal tributado

Ao comprar um espumante para a ceia de Natal, o consumidor brasileiro vai pagar 59,49% de impostos, que estão embutidos no preço final. Quem preferir brindar com vinho, vai pagar 54,73%. No preço das nozes, a carga é de 36,45%; no panetone, 34,63%. E os itens de decoração não ficam para trás: as cargas tributárias da árvore de Natal e dos enfeites são de 39,23% e 48,02%, respectivamente.    

Tags: cesta, economia, Natal, pagamento, tributos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.