Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Economia

Ações da OGX voltam a subir com possível acordo

Eike Batista vai deixar o controle da empresa

Jornal do Brasil

As ações da OGX, petrolífera do empresário Eike Batista, tiveram uma subida vertiginosa nesta quarta-feira (4/12) no Ibovespa com valorização de 11,11% no pregão. Essa elevação está sendo atribuída a um possível acordo com os credores internacionais para rolagem da dívida que está em torno de US$ 3,6 bilhões. Com o acordo, Eike deixa o controle da empresa e fica com apenas 15% de participação em seu capital.

A OGX também mudaria de nome para buscar uma nova imagem diferente da atual completamente chamuscada pela administração desastrosa de Eike. Os papéis da OGX apresentaram ainda um volume de negociações excepcional alcançando mais de R$ 30 milhões nas negociações desta quarta, superando em muito a média diária dos últimos 21 pregões que foi em torno de R$ 7 milhões. As ações da LLX, outra empresa quase falida de Eike, também teve uma forte valorização chegando a 12,5%.

Enquanto as negociações de Eike Batista no exterior caminham para uma solução, as dívidas que ele tem no Brasil sequer estão sendo discutidas. O BNDES é credor do grupo EBX com financiamentos que chega a mais de R$ 10 bilhões, recursos públicos que muitos analistas afirmam que não retornará na sua totalidade aos cofres do governo. 

Tags: acordo, credores internacionais, eike batista, empresas quase falidas, empréstimo, llx, ogx, pregão da bolsa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.