Jornal do Brasil

Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Cultura

'Atrizes fantásticas', destaca crítica sobre 'Do jeito que elas querem'

Jornal do Brasil TONY TRAMELL*, especial para o JB

Poderia ser mais uma comédia medíocre sobre um grupo de mulheres que tem sua vida mudada após lerem “50 tons de cinza”. Mas o produtor e roteirista Bill Holderman (“Até o fim”) dá o pulo do gato na sua estreia na direção.

O grande mérito é realmente a escolha do elenco, formado pelas veteranas Jane Fonda, Diane Keaton, Candice Bergen e Mary Steenburgen. Elas são talentosas e carismáticas, o que torna um deleite assistir a essa comédia despretensiosa, que garante algum riso e um toque emotivo. Don Johnson, Richard Dreyfuss, Craig T. Nelson e Andy Garcia são os coadjuvantes masculinos para o quarteto. A decepção fica por conta de Andy Garcia que vem fazendo o galã latino nos seus últimos filmes, virou uma espécie de Tony Ramos de Hollywood. Triste ver algum ator desperdiçado em estereótipos. A volta de Alicia Silverstone, ainda que como uma das filhas, vai alegrar os saudosistas da atriz que já teve uma carreira promissora.

Candice Bergen e Diane Keaton brilham na despretensiosa comédia de Holderman

O sucesso do filme pertence apenas ao quarteto fantástico de atrizes. Que fique bem claro.  

*Assistente de direção e jornalista

____________

DO JEITO QUE ELAS QUEREM: ** (Regular)

Cotaçõeso Péssimo; * Ruim; ** Regular; *** Bom; **** Muito Bom

____________



Tags: cinema, comédia, crítica, do jeito que elas querem, filme

Compartilhe: