Jornal do Brasil

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Cultura

Steve Hackett está chegando!

Um dos maiores guitarristas do mundo tocará sucessos do Genesis no Rio e em Niterói 

Jornal do Brasil Luiz Antonio Mello

Para êxtase dos amantes da música de qualidade, o ex-Genesis e mega guitarrista britânico Steve Hackett vai se apresentar no Vivo Rio, no próximo dia 23 e, no seguinte, no Teatro Municipal de Niterói, espaço histórico que possui uma das melhores acústicas do país. 

Antes, ele fará shows em Porto Alegre (dia 20, Teatro Araújo Viana), São Paulo (que dia 22, no Espaço das Américas) e  Belo Horizonte (no dia 25, Grande Teatro Palácio das Artes). A turnê mundial do músico começou no início de fevereiro em Quebec, Canadá, passou por várias cidades dos Estados Unidos, México, Chile, Argentina, Peru e, depois do Brasil, segue para o Japão. A maratona será encerrada na Europa no final do ano.

Em entrevista exclusiva ao “Jornal do Brasil”, Steve Hackett falou do possível retorno do Genesis (sempre muito especulado pela mídia internacional) com ele, Peter Gabriel, Phil Collins, Tony Banks e Mike Rutheford. “Isso seria muito legal, mas não sei se há planos para um retorno. Enquanto isso, toco a música do Genesis pelo mundo com a minha própria banda.” 

Um dos maiores guitarristas do mundo tocará sucessos do Genesis no Rio e em Niterói 

Sobre a presença constante de fãs de 20, 30 anos, em seus shows, aplaudindo suas músicas e também as do Genesis, Steve comenta que “é porque a música do Genesis tem alta qualidade e características muito especiais e, por isso, inspira muita gente desde pequena.”

 Ele vê a música como uma grande embaixadora da paz e afirma que tocar aqui é sempre uma ótima vivência. “Estou ansioso para voltar ao Brasil em turnê e será bom fazer shows em várias cidades. É um belo país, com uma rica história musical, seus ritmos me fazem muito bem! Fico feliz em homenagear minha carreira solo, tanto no passado como no presente, e tocar clássicos do Genesis nesta turnê, “Genesis revisited, solo Gems and GTR”.No repertório, estão “Supper’s Ready”, “Dancing with the moonlit knight”, “One for the vine”, “Firth of fifth”, “Fountain of Salmacis” e “The musical box”. 

No show, ele abre espaço para momentos solo ao violão, como “Horizons”, do álbum “Foxtrot” (1972), além de mergulhar no repertório de uma outra banda de que participou em meados dos anos 1980, a GTR, que também tinha como guitarrista Steve Howe, do Yes.

Álbuns magistrais 

Hackett entrou no Genesis em 1971, substituindo Anthony Phillips. Sua habilidade e versatilidade abriram ainda mais a cabeça do grupo, durante a sua fase progressiva. A banda produziu álbuns magistrais como “Foxtrot” (1972), “Genesis live” (1973), Selling England by the Ppound (1973) e “The lamb lies down on Broadway” (1974), considerados os melhores por muitos fãs e críticos. No entanto, Steve destaca o valor de “Wind & Wuthering” (1976), o último que gravou com a banda, que considera extremamente importante. 

Após a saída de Peter Gabriel, em 1976, e sua substituição nos vocais por Phil Collins, o Genesis partiu para um som menos progressivo, mais comercial, o que pesou na saída de Hackett. 

Desde 1975, ele lançou 28 álbuns solo de estúdio, fora os gravados ao vivo pelo mundo. O último é “The night siren”, que, segundo o músico “envolve pessoas e influências musicais de todo o mundo”.  Sua relação com o Brasil é quase íntima. Em 1977, com o Genesis, superlotou quatro vezes o Maracanãzinho. Seu último show no Rio foi em 2015, em um Citibank Hall superlotado. 

Nos dias 23 e 24, ele se apresentará com Nad Sylvan (vocal principal), Roger King (teclados), Gary O’Toole (bateria / percussão), Rob Townsend (sax/ flautas), Jonas Reingold (baixo).  Uma rara chance para os fãs assistirem a um show com repertório do Genesis com um importante ex- integrante da banda. “Um grande grupo que produziu músicas fabulosas e que se tornaram eternas”, comenta Steve.

Serviço

Rio de Janeiro 

Data: 23/3, sexta-feira 

Local: Vivo Rio (Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, Tel.: 2272-2901) 

Horário: 22h Abertura dos portões: 20h 

Classificação etária: 18 anos (menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsável). 

Ingressos: Camarote A, R$ 320; Camarote B, R$ 280; Camarote C, R$ 200; Balcão, R$ 180; Frisa, R$ 190; Setor 1, R$ 320; Setor 2, R$ 280; Setor 3, R$ 240; Setor 4, R$ 200; Setor 5, R$ 190. *Na compra de setores com mesas, o ingresso garante um assento na mesa selecionada, mas não em uma cadeira específica. Os assentos são ocupados pela ordem de chegada. 

Niterói 

Data: 24/3, sábado

 Local: Teatro Municipal de Niterói (Rua 15 de Novembro 35 - Centro, Niterói. Tel: 2620-1624)  

Horário: 20h Abertura dos portões: 19h 

Ingressos: Plateia, frisa e balcões, R$ 360; Galeria, R$ 280

Especial para o JB



Tags: apresentação, guitarrista, gênesis, hackett, show

Compartilhe: