Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Maio de 2018 Fundado em 1891

Cultura

Aos 76 anos, Paul Simon anuncia turnê de despedida

Morte de guitarrista contribuiu para o afastamento do cantor

Jornal do Brasil

O cantor e compositor norte-americano de folk Paul Simon, 76 anos, anunciou nesta segunda-feira (5) sua última turnê. De acordo com o músico, sua retirada dos palcos ocorre por causas "naturais".

"Muitas vezes me perguntei o que sentiria quando chegasse ao ponto em que consideraria levar minha carreira de artista a um fim natural. Agora eu sei: é um pouco perturbador, com um toque de emoção e com um pouco de alívio", declarou, em nota publicada em seu site oficial.

Mas a morte do guitarrista Vincent N'guini, que tocava em seus shows, reforçou o desejo de afastamento. "Infelizmente, perdemos nosso guitarrista principal e meu amigo de 30 anos, Vincent N'guini, que morreu em dezembro passado. Sua perda não é a única razão pela qual eu decidi parar de viajar, mas é um fator contribuinte", disse.

O músico ainda utilizou o comunicado para agradecer aos fãs.

"Gostaria de agradecer às pessoas de todo o mundo que vieram me assistir nos últimos 50 anos. Após esta turnê, eu doarei todo o dinheiro arrecadado para instituições filantrópicas que tenham como objetivo cuidar do planeta", afirmou Simon.

A turnê de despedida, chamada "Homeward Bound - The Farewell Tour", terá início em 16 de maio, na Arena Rogers, em Vancouver, Canadá, e passará por outras cidades do país, além dos Estados Unidos e da Europa.

Simon iniciou sua carreira em 1960 e, desde então, lançou 13 discos. Além disso, o cantor recebeu 16 Grammys - inclusive o "Grammy Lifetime Achievement", em homenagem a seu trabalho na dupla de folk "Simon & Garfunkel".

O músico também possui um grande trabalho filantrópico e já arrecadou milhões de dólares para associações de combate ao autismo e de preservação do meio ambiente.



Tags: cantor, cultura, despedida, internacional, musica, turne

Compartilhe: