Jornal do Brasil

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Cultura

Cinema preferido de Fellini é reaberto na Itália

O Fulgor, situado em Rimini, aparece no filme "Amarcord"

Jornal do Brasil

A sala de cinema Fulgor, situada em Rimini, na costa leste da Itália, e conhecida como a preferida do diretor Federico Fellini (1920-1993), foi reaberta neste sábado (20), dia em que se celebra o 98º aniversário de nascimento de um dos maiores gênios da sétima arte no país.

A inauguração, realizada após um longo trabalho de restauração, foi comandada pelo ministro dos Bens Culturais da Itália, Dario Franceschini, pelo prefeito de Rimini, Andrea Gnassi, pelo governador da Emília-Romana, Stefano Bonaccini, e pelo diretor de arte Dante Ferretti, parceiro de Fellini em seis filmes.

Cinema foi reaberto em aniversário de Fellini

As celebrações começaram na noite da última sexta-feira (19), com a exibição de "Maciste all'inferno", de Guido Brignone, o primeiro longa assistido por Fellini no Fulgor. Em seguida, o "Circo Fellini Show", espetáculo itinerante idealizado por Liana Mussoni, fez 15 personagens que povoaram os filmes do cineasta atravessarem as ruas do centro histórico de Rimini para, à meia-noite de sábado, retomar simbolicamente o controle de sua "casa".

Fundado em 1914, o Fulgor foi responsável por despertar no riminese Fellini a paixão pelo cinema e apareceu em "Amarcord", uma de suas obras-primas. "Esse é o primeiro passo da criação do grande Museu Fellini, um reconhecimento a um dos grandíssimos da história, da cultura e do cinema italiano. É um lugar simbólico na vida de todos nós", declarou Franceschini.

O futuro museu ficará no centro histórico de Rimini e será um conjunto de espaços dedicados à memória de uma das maiores figuras da cultura da Itália no século 20. 



Tags: agencia, ansa, cultura, internacional, italia

Compartilhe: