Jornal do Brasil

Domingo, 19 de Novembro de 2017

Cultura

BuZum! leva ao Rio de Janeiro seu novo espetáculo "Que lixo é lixo"

Peça mostra a importância de reutilizar e reciclar lixo acontece entre 23 e 26 de outubro

Jornal do Brasil

O Ministério da Cultura e o Instituto CCR, por meio da Lei Rouanet, levam ao Rio de Janeiro o mais novo espetáculo do projeto BuZum!: Que lixo é lixo?. Com patrocínio da Concessionária ViaRio, empresa responsável pela administração e operação da Transolímpica, as apresentações da companhia de teatro de bonecos sobre rodas que já percorreu mais de 300 mil quilômetros por todo o Brasil levando a magia do palco para alunos de escolas públicas acontecem entre 23 e 26 de outubro.

No total, 28 sessões gratuitas de Que lixo é lixo? serão encenadas a alunos da rede pública da capital carioca. O projeto é apresentado pelo Ministério da Cultura e Instituto CCR (entidade privada sem fins lucrativos, criada em 2014 para estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pela empresa, por meio das concessionárias do Grupo CCR) e patrocinado, por meio da Lei Rouanet, pela Concessionária ViaRio, empresa responsável pela administração e operação da Transolímpica.

Concebido por Beto Andreetta e Mari Gutierrez, o espetáculo Que lixo é lixo? tem direção de Wanderley Piras. Com objetos cênicos desenvolvidos a partir de embalagens descartáveis como caixas de leite, garrafas pet e latas de alumínio, a peça mostra as consequências do consumo exagerado de produtos e do descarte incorreto de resíduos. O enredo envolve dois astronautas que, durante uma viagem espacial, percebem que nosso planeta está sufocado com o lixo gerado pelo homem. Ao retornarem à Terra, os astronautas contam às crianças os estragos causados pelo lixo, ressaltando, de forma lúdica e divertida, a importância de reutilizar e reciclar o que chamamos de ‘lixo’.

BuZum! 7 anos

Em setembro de 2017, o BuZum! completa sete anos de existência com números expressivos e motivos de sobra para comemorar: são 300 mil quilômetros rodados para realizar 9 mil apresentações a aproximadamente meio milhão de pessoas em 1.000 escolas públicas de 250 cidades em nove estados brasileiros (São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Bahia, Minas Gerais, Maranhão, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul), além de Porto Suarez, na Bolívia.

Educação

Quando o BuZum! estaciona em frente a uma escola ou instituição, as peças em cartaz  levam também ensinamentos que podem ser utilizados pelos professores em sala de aula. Para isso, foi desenvolvido pelo BuZum!, em parceria com o Instituto Saberes, o Livro do Professor, um material pedagógico entregue a cada professor após assistirem aos espetáculos. Com o apoio do material pedagógico, os professores conseguem relacionar o assunto abordado na peça à matéria lecionada em sala de aula – em disciplinas como português, história, geografia e matemática – expandindo, assim, os conhecimentos do aluno por meio de charadas, brincadeiras, curiosidades e dicas literárias. O objetivo é instigar a curiosidade das crianças antes mesmo das apresentações e mantê-la após a passagem do BuZum!. As crianças presentes na plateia recebem um Teatro de Papel com personagens para montar, um brinde que lhes permite experimentar uma vivência teatral completa ao reproduzir ou criar um roteiro, construir os personagens e encenar suas peças; e o gibi BuZum! em Quadrinhos, que traz o enredo de espetáculos do projeto no divertido formato de história em quadrinhos.

Repertório

O repertório da companhia tem 10 peças criadas especialmente para o público infanto-juvenil, considerando as estreias de 2017. São elas: Darwin BRsobre a passagem do naturalista inglês Charles Darwin pelo Brasil; Filhotes do Brasil, obra ambientada na Amazônia que trata da relação entre pais e filhos; Mundo Português, uma bem humorada viagem pelo universo da língua portuguesa pela Ásia, África e América do Sul; O Mundo é uma Bolaespetáculo criado às vésperas da Copa do Mundo que conta a história do futebol desde sua origem; 13 Gotas, sobre um dos principais temas da atualidade: a importância da água; Máquinas, sobre a história dos meios de transporte; Energia, sobre as diferentes fontes de energia. O BuZum! também tem um espetáculo para adolescentes chamado Intolerância, que levanta questões sobre preconceitos no ambiente escolar, que têm se tornado rotineiros no cotidiano dos jovens. Em 2017, a companhia estreia Mamulengo e Que lixo é lixo?.

Prêmios

Em 2016, o BuZum! recebeu o Prêmio Governador do Estado para Cultura, na categoria Arte para Crianças – Voto Popular. Em 2014, a companhia foi contemplada com o prêmio de Melhor Produção e Melhor Autor de Texto Original no 1º Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (ex-Prêmio Femsa).

Sobre o Instituto CCR

O Grupo CCR criou em 2014 o Instituto CCR, entidade privada, sem fins lucrativos, para estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pela empresa.  O Instituto CCR vai otimizar a utilização de recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo em projetos estruturados em quatro áreas: Saúde e Qualidade de Vida; Educação e Cidadania; Cultura e Esporte; Meio Ambiente e Segurança Viária. O Grupo CCR apoia o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, com a experiência de ter levado mais de 500 projetos para 120 cidades que, desde 2003, já beneficiaram 7 milhões de pessoas com investimento de R$ 185 milhões em projetos estruturados.

FICHA TÉCNICA “Que lixo é lixo?”

Concepção e texto_ Beto Andreetta e Mari Gutierrez

Direção_ Wanderley Piras

Elenco_ Alessandra Siqueyra, Dinho Weller, Geovana Oliveira, Joyce Souza, Kelly Guidotti, Lívia Simardi, Nilton Marques, Nina Rocha, ​ Rafael Souza e Tita Azevedo.

Trilha sonora_ César Maluf

Criação e confecção de bonecos e cenário_ Ercila Batista, Fabio Cruz, Juciê Batista e Ilimitada Design

Direção de produção_ Mari Gutierrez

Coordenação de produção_ Aldo Andreetta

Produção executiva_ Fabíola Gonçales e Juliana Christão

Produção de campo_ Akira Martins, Eduardo Paiva, Leonardo Brandão e Thiago Catelani  

Design gráfico_ Sato do Brasil e Murilo Thaveira> casadalapa

Fotos_ Milene Milan

Técnicos de som e luz_ Alan Ferreira , Cristiano Santana, Henrique Hertzel

Motoristas_ José Valério, Luís Carlos da Costa, Renner Santos  

Direção administrativa_ Jackson Iris

Assistente financeiro_ Glaucia Souza

Assessoria de imprensa_ Buriti Comunicação

Realização_ BuZum!

Serviço: BuZum! apresenta ‘Que lixo é lixo?’ no Rio de Janeiro:

Dia 23 de outubro, segunda-feira

Escola Municipal Álvaro Alvim

Rua Temistocles Sávio, s/nº - Magalhães Bastos

Horários das sessões: 9h | 9h40 | 10h20 | 11h | 13h30 | 14h10 | 14h50

Dia 24 de outubro, terça-feira

Escola Municipal Lima Barreto

Rua Olavo Souza Aguiar, 107-151 - Realengo

Horários das sessões: 9h | 9h40 | 10h20 | 11h | 13h30 | 14h10 | 14h50

Dia 25 de outubro, quarta-feira

Escola Municipal PM Flávio Martins Albuquerque

Av. Marechal Fontenelle, 2756 – Jardim Sulacap

Horários das sessões: 9h | 9h40 | 10h20 | 11h | 13h30 | 14h10 | 14h50

Dia 26 de outubro, quinta-feira

Comunidade Vila União

Rua Esperança, s/nº - Comunidade Vila União, Curicica

Horários das sessões: 9h30 | 10h10 | 10h50 | 13h30 |14h10 | 14h50 | 15h30

Entrada Franca

Classificação: Livre

Capacidade: 50 pessoas por sessão

Mais informações em www.buzum.com.br

Youtube: https://www.youtube.com/user/canalbuzum

Facebook: https://www.facebook.com/ProjetoBuZum

 

Tags: cultura, espetáculo, infantil, rio, teatro

Compartilhe: