Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Cultura

‘A palhaça que fugiu do circo’ chega aos palcos do Sesc Niterói e Madureira

Agência Brasil

A palhaça Couve flor foge do circo. Ao longo de sua jornada, entra em contato com elementos e situações de seu passado como seu inesperado encontro com Tatuí, companheiro no picadeiro. O espetáculo se apresenta nas unidades do SESC Niterói e Madureira, nos dias 16 e 17 de setembro, respectivamente.

Ao longo de sua jornada, Couve-flor e Tatuí passam por diversas e preciosas transformações, uma grande história de amor ao circo e ao próximo. A ausência de texto do espetáculo que é todo permeado por uma belíssima trilha musical, acentua a poesia e a comunicação com a plateia. A dramaturgia foi desenvolvida em cima do jogo do palhaço, através de ações físicas, trabalhos com objetos, e interação direta com a plateia. A trilha sonora e os instrumentos ao vivo acentuam os momentos de poesia.

O espetáculo se apresenta nas unidades do SESC Niterói e Madureira, nos dias 16 e 17 de setembro
O espetáculo se apresenta nas unidades do SESC Niterói e Madureira, nos dias 16 e 17 de setembro

Com direção do grupo Off-Sina, figurinos do premiado Ney Madeira e Dani Vidal, belíssima trilha de Debora Levy (Banda Celebrare) e direção musical de Ricardo Pavão (Tá na Rua), o poético espetáculo fala de amor, companheirismo, autoconhecimento e aceitação. Formado por dois integrantes da Cia Sapato Velho, Anneli Olljum e Dio Jaime Vianna de Almeida, são conhecidos por trabalhar com elementos do circo e do teatro em múltiplos espaços desde 2012.

“A Palhaça que Fugiu do Circo” fala de forma lúdica, muito sonora e despretensiosa, sobre uma jornada do autoconhecimento de um personagem, do rompimento através da negação e fuga, da constatação do local onde se encontra e o retorno à sua origem, transformado, reconhecendo a importância do seu passado na formação de seu ser, agora sob um novo olhar.

Tags: cultura, espetaculo, peça, rio, sesc, teatro

Compartilhe: