Jornal do Brasil

Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

Cultura

Floresta Umbra, na Itália, vira Patrimônio da Humanidade

Região é considerada uma das cincos florestas mais bonitas do mundo

Agência ANSA

Os bosques da Floresta Umbra, uma área protegida do Parque Nacional Gargano, localizada na Puglia, foram reconhecidos como Patrimônio da Humanidade da Unesco nesta quarta-feira (16).

Além disso, cerca de 2 mil hectares de florestas no Parque Nacional de Abruzzo, Lazio e de Molise, e o Parque Nacional da Floresta Casentinesi e de Pollino, também foram incluídos na lista. Todos os locais premiados fazem parte de um patrimônio natural de alto valor ecológico, histórico e cultural. As plantas estão entre as mais antigas da Europa e, majestosamente, atingem uma altura de quase 50 metros.

A região está entre as cincos florestas mais bonitas do mundo, de acordo com a revista "National Geographic". Localizado no alto de uma montanha, com vista para o mar azul cristalino de Puglia, a Floresta Umbra é a parte mais selvagem do Gargano.

A floresta no coração do parque é muito "sombria, com presença de uma vegetação densa e espessa". Lá, é possível encontrar 15 mil hectares de muito vegetação que formam um mosaico de espécies, como pinheiros, carvalhos e castanheiras. Estima-se um crescimento de mais de duas mil espécies de plantas, que geralmente são povoadas por diversas espécies de aves.

Junto ao Monte encontra-se o Santuário do Monte de São Miguel Arcanjo, dedicado ao santo de mesmo nome, que é considerado um dos mais célebres da região. Devotos de todo o mundo costumam visitar o local.

Tags: agencia, ansa, cultura, internacional, italia

Compartilhe: