Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

Cultura

Manuscrito perdido de Mozart é achado na Hungria

Documento foi encontrado em meio a diversos papéis velhos

Agência ANSA

O manuscrito original de uma das obras mais famosas de Wolfgang Amadeus Mozart, a Sonata para Piano número 11 em A maior K.331, dado como perdido há mais de dois séculos, foi encontrado em uma biblioteca de Budapeste, capital da Hungria, em meio a vários papéis velhos.

    A relíquia tem quatro páginas com os dois primeiros movimentos da composição, completando o único manuscrito original disponível até o momento, o da terceira parte, que inclui a famosa Marcha Turca. Este último está conservado em Salzburgo, Áustria.

    O documento foi achado na biblioteca nacional Széchényi pelo diretor do departamento de música do local, Balazs Mikusi, que há anos iniciou um processo de reconhecimento de todo o material não catalogado do espaço. As partituras foram reconhecidas como autênticas por especialistas.

    Contudo, ainda não se sabe como o manuscrito foi parar na Hungria, país onde Mozart nunca esteve. (ANSA)

Tags: Sonata, clássico, descoberta, mozart, música

Compartilhe: