Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

Cultura

A preço popular, Ballet do Meio-Dia se apresenta no Theatro Municipal

Agência Brasil

A partir de hoje (28), quem trabalha no centro do Rio poderá aproveitar a hora do almoço para assistir a três peças consagradas da dança clássica mundial, no mais tradicional palco carioca: o Theatro Municipal. A preços populares, o Ballet do Meio-Dia será apresentado por solistas e pelo Corpo de Baile do Theatro em quatro terças-feiras de setembro, levando a arte para pessoas que nem sempre têm a oportunidade de assistir a apresentações de dança no local.

Os primeiros solistas Karen Mesquita, Priscila de Albuquerque e Cícero Gomes, além de dez bailarinas do corpo de baile, apresentarão nesta quinta-feira a Suíte do 3º Ato de Dom Quixote. Logo após, a primeira bailarina Márcia Jaqueline e o solista Moacir Emanoel executarão o famoso pas-de-deux de La Esmeralda . Para fechar o primeiro dia do Ballet do Meio-Dia, trechos do 3º Ato do Balé O Lago dos Cisnes serão apresentados pela primeira bailarina Cláudia Mota e o primeiro solista Filipe Moreira, interpretando os personagens centrais da obra. O espetáculo tem duração de uma hora.

Segundo o diretor artístico do Balé do Theatro Municipal, Sérgio Lobato, que também é diretor do projeto, o público respondeu de forma positiva à iniciativa. “A expectativa para o público que virá sempre foi muito boa, apesar de não sabermos ao certo. Nosso teatro é muito grande. A notícia que tive, há um tempo, é que tinham vendido os ingressos para toda a plateia e o balcão nobre. E já estavam querendo vender o balcão simples. É mais do que eu esperava para o primeiro dia”, disse Lobato.

A iniciativa é decorrente do sucesso alcançado com uma programação semelhante voltada para o canto lírico, a Ópera do Meio-Dia. Diferentemente da ópera, o público que for conferir as apresentações de dança assistirá ao espetáculo na plateia do Theatro, com capacidade para 454 pessoas. “A Ópera do Meio-Dia foi o que me instigou a desenvolver esse projeto com o balé. A única diferença é que o balé está no palco e não no foyer como a ópera, que era para 116 pessoas. É um projeto maior, audacioso, para levar o grande público para dentro do Theatro Municipal”, explicou o diretor.

Ao longo dos dias 9, 16, 23 e 30 de setembro, sempre às 12h, o público poderá assistir a peças famosas no mundo da dança clássica, por apenas R$ 5. “Os nossos artistas, as estrelas do Theatro e do corpo de baile podem demonstrar toda a sua técnica, levando a arte da dança para o grande público que, muitas vezes, não tem condições de vir em um fim de semana ou à noite ao Theatro. Essa arte pode ser disseminada popularmente, essa é a nossa obrigação como artista, é o nosso desejo”, acrescentou Sérgio.

Tags: balé, dança, municipal, popular, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.