Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

Cultura

Começa amanhã em Rio das Ostras o maior festival de jazz e blues do Brasil

Agência Brasil

Considerado o maior evento musical do gênero do país, o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival começa amanhã (8), oferecendo um leque maior de atrações em comparação com as edições anteriores. Este ano o festival, que ocorria no feriado de Corpus Christi, quase sempre em junho, será realizado em dois finais de semana em agosto, desta sexta-feira a domingo (10) e nos próximos dias 15, 16 e 17.

Promovido pela prefeitura de Rio das Ostras, município localizado na Região dos Lagos fluminense, e com todos os shows gratuitos, o festival tem como destaques nesta 12ª edição o cantor e compositor Al Jarreau, o baixista Marcus Miller e o guitarrista brasileiro Pepeu Gomes. Até o dia 17, serão mais de 22 atrações nacionais e internacionais e 60 horas de música em quatro palcos espalhados pela cidade.

O principal é a Cidade do Jazz, montada na Área de Eventos da Costazul, onde as apresentações começam às 19h30, com quatro shows em cada noite. Os fãs do jazz, do blues e da música instrumental podem, no entanto, começar cedo sua maratona nos três palcos alternativos: às 11h15, na concha acústica da Praça São Pedro; às 14h15, na Lagoa do Iriry, e às 17h15, na Praia da Tartaruga. A expectativa dos organizadores é receber um público de 50 mil pessoas em cada um dos fins de semana.

De acordo com o coordenador do evento, Stenio Matos, a mudança de data atende a um antigo desejo dos organizadores, que o festival ocorra em dois fins de semana. A Copa do Mundo antecipou o processo. “Seria inviável manter o festival em junho, devido ao valor das passagens aéreas, dos hotéis e das dificuldades de logística”, explicou.

Em um segundo semestre com todos os feriados caindo no fim de semana, o festival em agosto também colabora com a vocação turística de Rio das Ostras, ajudando a movimentar a cidade em um período de baixa temporada. Segundo Stenio Matos, a mudança de data pode ser definitiva, dependendo de uma avaliação que será feita por todos os setores envolvidos após o término do evento.

A programação é outro ponto que pode ser beneficiado com o festival em agosto. “A nossa preocupação é cada vez mais aumentar a qualidade do cast internacional do festival, independente da data, mas o mês de agosto pode facilitar a vinda de atrações, porque é um período de baixa nos festivais da Europa”, disse Stenio Matos.

Com 25 discos gravados, vencedor de sete Grammys e dono de uma voz peculiar, Al Jarreau fará uma única apresentação na Cidade do Jazz na noite de sábado, dia 16. Já o baixista Marcus Miller vai se apresentar nesta sexta-feira no palco da Costa Azul, e no domingo (10), na Praia da Tartaruga.

Quem abre a 12ª edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, às 20h desta sexta-feira é o grupo holandês The Jip. O show, ocorre em um palco instalado na Praça José Pereira. Além de Al Jarreau e Marcus Miller, o evento inclui nomes como Henderson, Berlin & Chambers - HBC, Rock Estrin and The Nightcats, Randy Brecker, Popa Chubby, Raul Midón, Larry McCray, Afro Jazz, Orleans Street Jazz Band e Larry McCray.

Tradição no festival, a Orquestra Quarup, formada por músicos de Rio das Ostras, vai abrir as atrações da Cidade do Jazz. Este ano, também músicos de outras cidades da região também poderão subir ao palco principal do evento, selecionadas por meio de um concurso de bandas.

Tags: Arte, cultura, jazz, música, tradição

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.