Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Cultura

Espetáculo infantil Nós estreia em Copacabana 

Baseada na história infantil de Eva Furnari, conta a história de uma menina que nasceu de um repolho

Jornal do Brasil

"Nós" estreia no dia 02 de agosto no Teatro Gláucio Gill, em Copacabana. A peça é inspirada no livro homônimo de Eva Furnari, uma das mais importantes autoras e ilustradoras da literatura infantil brasileira e foi fomentado pela Secretaria Municipal de Cultura por meio do Programa de Fomento à Cultura Carioca. 

Sob a direção de Flávia Lopes, a peça conta através da manipulação de objetos, bonecos, sombras, projeções e do uso de máscaras, a história de Mel (Fabiana Poppius), uma garota que mora na pequena cidade de Pamonhas. Nascida de um repolho mofado e sempre rodeada de borboletas, Mel era alvo constante da chacota de toda cidade, simplesmente por ser diferente dos demais. Logo depois do nascimento de Mel, nasce Plínio, que também é mal visto pelos moradores de Pamonhas por não se comunicar de forma convencional e viver em um mundo particular. Mel, que só tem as borboletas e seu diário, consegue abrir uma porta de comunicação com Plínio através da música. Dois personagens que curiosamente não falam e que são representados por atores utilizando máscaras. As únicas vozes da peça são as do boneco Clóvis, que personifica os outros moradores de Pamonha representados por sombras.

 Mel era alvo constante da chacota de toda cidade, simplesmente por ser diferente dos demais
 Mel era alvo constante da chacota de toda cidade, simplesmente por ser diferente dos demais

 De tanto sufocar os próprios sentimentos, Mel acaba com o corpo cheio de nós, um mais apertado que o outro. Entristecida, ela decide fugir da cidade disfarçada de geladeira. Nessa aventura pelo mundo, a personagem cruza montanhas, mergulha no rio, enfrenta uma vaca brava, até ser engolida por uma baleia e depois cuspida na beira de uma praia.  Lá, ela conhece Kiko (Matheus Lima), que ensina Mel a desfazer seus nós e a ser mais confiante. Juntos, eles criam a história da cidade de Merengue, onde todos os personagens são diferentes uns dos outros e, por isso, um lugar tão especial.  

O cenário de Flávia Lopes, composto por telas, faz alusão ao cinema, criando um mundo de sombras. A direção de arte e os elementos cênicos, bem como as máscaras confeccionadas por Marise Nogueira e Flávia Lopes são inspirados nos traços e cores das ilustrações do livro e da imaginação da diretora ao enxergar pontos de interação entre o mundo das imagens e do inconsciente.

O Teatro Glaucio Gil localiza-se na Praça Cardeal Arcoverde s/nº - Copacabana.Os ingressos custam R$30 ( inteira) e R$15 (meia). Para mais informações: (21) 2332-7904. A classificação etária é de 4 anos. 

 

Tags: copacabana, eva furnari, glaucio gil, nos, peça, Rio, RJ, teatro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.