Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Cultura

Fausto Fanti, do Hermes & Renato, é encontrado morto em SP

Portal Terra

O humorista Fausto Fanti, conhecido por atuar na dupla Hermes & Renato, foi encontrado morto no final da tarde desta quarta-feira (30), no apartamento em que morava no bairro de Perdizes, zona oeste da capital paulista. O velório acontece no Cemitério do Araçá, no centro de São Paulo.

Fausto foi encontrado por Adriano Silva, seu amigo de infância e colega no humorístico Hermes & Renato. Ele estava caído no banheiro, com um cinto enrolado ao pescoço. A polícia trabalha com a possibilidade de suicídio.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, uma viatura foi chamada ao endereço às 16h50 desta quarta-feira. Até o início da noite, a perícia ainda estava no local onde o corpo de Fanti foi encontrado.

Foi em 1990 que Fanti começou a demonstrar interesse em vídeos. Ele, seu irmão Franco e uma turma de amigos da rua e da escola reuniam-se em torno da câmera de seu cunhado. Foram quase 10 anos de produções caseiras até que o humorista decidisse enviar uma fita para uma emissora.

Humorista foi encontrado por amigo em seu apartamento em SP 
Humorista foi encontrado por amigo em seu apartamento em SP 

Fanti surgiu na TV  em 1999 quando, ao lado dos amigos Marco Antônio Alves, Bruno Sutter, Felipe Torres e Adriano Silva, levou a trupe Hermes e Renato à  MTV Brasil. A esquete foi veiculada pela emissora inicialmente como um quadro no Voz MTV, um programa participativo do canal. Com o sucesso, o grupo foi convidado para testes e ganhou um espaço fixo na programação da emissora. Hermes & Renato era apenas uma esquete, mas acabou por batizar o grupo. Hermes (Marco Antônio Alves) e Renato (Fausto Fanti)  era uma dupla caracterizada com figurinos dos anos 70 em tom de produções de baixo custo colocados em situações caóticas, bizarras e hilárias. O uso de palavrões também virou marca registrada do humorístico.

Durante os 10 anos em que estiveram na programação da emissora musical, a trupe teve programas em diversos formatos. Entre eles alguns que satirizavam novelas da TV Globo, além do Tela Class, que fazia dublagens cômicas de filmes antigos. As peças mais recentes mostravam um retorno ao formato mais tradicional de esquetes curtas e propositadamente de baixo orçamento.

Fausto era principal mente criativa do grupo e liderava alguns dos quadros de maior sucesso do programa, como o Jornal Jornal (como Wallace Guilhermino), Palhaço Gozo, Documendo Trololó (como Edson Wander) e o Programa Cláudio Ricardo, onde satirizava programas de auditório.

No campo das novelas, fizeram questão de fazer sátiras aos folhetins que estavam sendo exibidos na TV Globo na mesma época, como O Proxeneta (O Profeta) e Sinhá Boça (Sinhá Moça).

No início de 2010, o grupo deixou a MTV e trocou de nome. Sob a alcunha de Banana Mecânica, a trupe foi para a Record e começou a apresentar esquetes durante o programa Legendários, comandado pelo também ex-MTV Marcos Mion, mas não conseguiu repetir na TV aberta o impacto que tiveram com o canal UHF.

Em 2013, o grupo voltou à MTV. Com o encerramento das atividades do canal como emissora aberta, a turma comprou os direitos sobre a marca Hermes e Renato e preparava um retorno à TV em formatos alternativos.

Tags: artista, Choque, humorista, SP, suicidio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.