Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Cultura

Morre escritora sul-africana Nadine Gordimer

Ela estava lutando contra um câncer no pâncreas

Agência ANSA

A escritora sul-africana, Nadine Gordimer, morreu na noite deste domingo (13), informou a editora Feltrinelli. Ela tinha 90 anos e lutava contra um câncer no pâncreas.

Em março deste ano, Gordimer declarou que não conseguia mais escrever por culpa da doença. "Escrever me deixa mal e sou muito crítica, muito exigente com meu trabalho e não acredito que aceitaria algum trabalho que não me satisfaz", disse à revista italiana Republica.

A escritora foi uma das mais importantes vozes contra o apartheid na África do Sul e, a maior parte dos seus mais de 30 livros, foi focada na situação social do país durante esse perído.

Gordimer ganhou um prêmio Nobel de Literatura em 1991 pelo conjunto da obra. Na época, os responsáveis pela premiação declararam que a escritora trouxe "através de sua escrita épica, grandes benefícios para a humanidade". Ela também recebeu o Booker Prize de 1974 e, mais recentemente, a premiação Legião da Honra, na França. (ANSA)

Tags: áfrica, apartheid, CÂNCER, escritora, livro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.