Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Cultura

Morre Tommy Ramone, último remanescente original dos Ramones

Músico e produtor morreu aos 62 anos em Nova York; baterista foi vítima de câncer

Portal Terra

Tommy Ramone, baterista e último integrante vivo da formação original da banda Ramones, morreu nessa sexta-feira (11) aos 62 anos em Nova York, de acordo com informações da banda, uma das mais importantes e influentes da história do rock, por meio de um anúncio no Twitter na madrugada deste sábado (12).

Dave Frey, que trabalha na produção do Ramones, disse que a mulher do baterista ligou para comunicar a morte do músico, vítima de um câncer no ducto biliar. 

Nascido na Hungria em 29 de janeiro de 1952 como Erdelyi Tamas, Tommy se mudou para os Estados Unidos nos anos 50. O baterista foi um dos quatro fundadores da banda Ramones, em 1974, ao lado do vocalista Joey Ramone, do baixista DeeDee Ramone e do guitarrista Johnny Ramone.

Tommy participou dos três primeiros álbuns da banda 
Tommy participou dos três primeiros álbuns da banda 

Tommy participou dos três primeiros álbuns da banda - Ramones (1976), Leave Home (1977) e Rocket to Russia (1977) - , e compôs dois dos grandes sucessos do Ramones: I Wanna Be Your Boyfriend e Blitzkrieg Bop. Pouco depois, deixou a banda para focar na carreira de produtor. Ele foi substituído por Marc Bell (Marky Ramone).

A banda acabou em 1996 após o festival Lollapalooza, mas o legado que deixaram com sucessos como I Wanna Be SedatedJudy Is a Punk e Beat the Brat os transformou em um dos nomes mais míticos do punk rock.

O primeiro membro da formação original a morrer foi Joey, cujo nome verdadeiro era Jeff Hyman, em 2001, por conta de um câncer linfático. No ano seguinte, Douglas Colvin, nome real de DeeDee, morreu por conta de uma overdose. Em 2004, morreu de câncer de próstata Johnny, cujo nome verdadeiro era John Cummings.

Tags: baterista, internacional, morreu, ramones, tommy ramone

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.