Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Cultura

Suposto traficante divulga vídeo de Jolie na década de 90

Portal Terra

Um vídeo de Angelina Jolie foi divulgado pelo jornal Mirror nesta terça-feira (8). Nas imagens, que datam dos anos 90, ela aparece bem magra, andando de um lado para o outro de seu apartamento. O vídeo foi feito por Franklin Meyer, que alega ser seu ex-traficante de drogas.

"Angie foi minha cliente por anos. Vendia heroína e cocaína para ela. Um dia, ela me ligou para que eu passasse na casa dela. Esse era o jeito dela de dizer que queria as drogas dela", contou.

No vídeo, Angelina, que usa um vestido preto, fala com alguém não identificado ao telefone, de maneira tensa. "No dia da gravação, eu tinha comprado uma câmera e resolvi levá-la comigo. Quando cheguei, entreguei as drogas e ela me deu o dinheiro", contou. Meyer afirma que a pessoa com quem Angelina fala é seu pai, Jon Voight, e eles discutem sobre o irmão dela, James.

No telefone, Angelina diz: "o negócio é o seguinte, você sabe, essa ideia de dar uma casa ou um quarto para todo mundo. Não é necessário. Eu disse uma vez: e se eu parar de trabalhar? Ela quer falar sobre isso com você, ela queria que você me aconselhasse".

A conversa fica difícil de ser ouvida, devido à péssima qualidade da gravação. Quando ela chega perto de onde está a câmera, é possível entender. "Eu disse: 'e se eu não trabalhar para você? E se eu não ganhar tanto dinheiro? Você fica no apartamento até eu ganhar mais dinheiro para ter uma casa maior'. E se alguma coisa acontecer comigo? E se eu não trabalhar?", continua a atriz.

Durante todo o diálogo, Jolie anda de um lado para o outro da sala sem parar e até gagueja. Em entrevista ao National Equirer, Franklin Meyer afirmou que a atriz costumava gastar US$ 100 por semana em heroína e cocaína. 

Tags: angelina, atriz, drogas, heroína, hollywood

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.