Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Cultura

Espetáculo que mistura dança e circo estreia grátis no Parque das Ruínas

'O princípio da Casa dos Pombos' é o primeiro solo da gaúcha Camila Moura e fica em cartaz até julho

Jornal do Brasil

'O Princípio da Casa dos Pombos' é  primeiro solo de Camila Moura, acrobata gaúcha radicada no Rio. O espetáculo, que foi selecionado pelo Programa de Fomento à Cultura Carioca, estreia amanhã (7), às 16h, no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, no Rio. A entrada é franca e a performance fica em cartaz até o dia 19 de julho. 

 Respirando acrobacia em tempo integral, a artista convidou a coreógrafa Alice Ripoll para dar os contornos do espetáculo que explora cada centímetro de possibilidade do corpo em movimentos contínuos que fazem o público prender a respiração com as formas incríveis que Camila Moura desenvolve em cena. 

Camila Moura é gaúcha, radicada no Rio, e trabalha elementos do contorcionismo no espetáculo
Camila Moura é gaúcha, radicada no Rio, e trabalha elementos do contorcionismo no espetáculo

"A coreografia trabalha elementos do contorcionismo, arte em que a Camila é mestra. O espetáculo mostra uma movimentação lenta, entrecortada de passagens rápidas, que se alimenta de si própria e tende para uma inércia, infinita, como se nada pudesse parar o que a intérprete está apresentando em cena", explica a diretora Alice Ripoll. "Se no circo as posições de contorção são um fim, um ponto máximo a ser alcançado, no nosso trabalho elas servem de pontos de passagem dentro de coreografias 'infinitas'", complementa Alice.

Quando o espetáculo começa, Camila Moura parece buscar posições de conforto, como em uma insônia em que não encontramos a posição certa de acomodar o corpo. Daí por diante uma sucessão de contorções surgem, com direito a interação com um aquário com peixes vivos, gestos incalculáveis diante de uma moita repleta de brotos germinados e muito mais. "Nas minhas pesquisas, sempre tive vontade de elaborar cenas em que o corpo criasse novas perspectivas de movimento, buscando o equilíbrio e daí vivendo uma transição. Na verdade, o equilíbrio absoluto não existe, ele sempre leva a um outro gesto", destaca a artista.

Alice explica o título do espetáculo: "Buscamos no nome uma relação com a repetição infinita, situações cíclicas, etc. "O Princípio da casa dos pombos" é um conceito da matemática que, embora se trate de uma evidência extremamente elementar, é útil para resolver problemas que não são imediatos e envolvem conjuntos infinitos. O nome carrega uma atmosfera de fantasia e humor, e faz referência a um animal também conhecido  por realizar um eterno retorno, o "pombo correio".  Todo pombo retorna geralmente a seu próprio ninho e encontra repetidamente o caminho de volta em longas distâncias. Os pombos correios foram usados para carregar mensagens, por isso o nome", completa. 

O Centro Cultural Municipal Parques das Ruínas localiza-se na  Rua Murtinho Nobre, 169 - Santa Teresa. A distribuição de senhas é feita 30 minutos antes do início do espetáculo. 

Tags: camila moura, cultura, fim de semana, gratuito, o princípio da casa dos pombos, parque das ruínas, peça, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.