Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Cultura

A força do mercado editorial no Brasil

Jornal do Brasil

A Editora Sextante, fundada em 1998, publicou livros de importantes autores nacionais e internacionais ao longo de sua trajetória, como Paulo Coelho, Augusto Cury, Dalai Lama e William P. Young. Criada por Geraldo Jordão Pereira, filho do editor José Olympio, e seus filhos, Marcos e Tomás, tem como mote, segundo o site oficial, ajudar os leitores a "alcançar a paz interior, a espiritualidade e o crescimento pessoal, tratando sempre de temas importantes para a plena realização humana". Ainda de acordo com a empresa, os livros "abrangem temas que vão do desenvolvimento espiritual à descoberta da vocação profissional, passando pela conquista da própria identidade e do amor que se deseja".

"O Alquimista", de Paulo Coelho, impresso pela editora, já teve mais de 30 milhões de cópias vendidas em todo o mundo e foi traduzido para mais de 65 línguas. O livro narra a trajetória de um jovem pastor chamado Santiago que,  após ter um sonho repetido, decide partir em uma longa viagem da Espanha ao Egito, pois seria lá, junto às pirâmides, onde ele encontraria um tesouro enterrado. Ao longo da jornada ele entra em uma busca por esclarecimento sobre os grandes mistérios que acompanham a humanidade.

Outra obra de sucesso lançada pela Sextante foi "A Cabana", de William P. Young. Já foram vendidas mais de 12 milhões de cópias ao redor do mundo. O enredo aborda a questão da existência do mal por meio da história de Mack Allen Phillips, um homem que vive sob o peso da experiência de ter sua filha Missy, de seis anos, raptada durante um acampamento de fim de semana. A menina nunca foi encontrada, mas sinais de que ela teria sido violentada e assassinada são achados em uma cabana perdida nas montanhas. Três anos e meio depois do episódio, ele recebe um misterioso bilhete supostamente escrito por Deus, convidando-o para uma visita a essa mesma cabana. Ali, Mack tem um encontro inusitado com Ele e tenta obter resposta para a inevitável pergunta: "Se Deus é tão poderoso, por que não faz nada para amenizar nosso sofrimento?".

Um dos principais selos da editora, por sua vez, é o "Primeira Pessoa", dedicado a biografias e coordenado pelo jornalista e historiador Helio Sussekind, formado pela PUC-Rio, ex-redator, editor de Opinião e editorialista do Jornal do Brasil. Sussekind ainda acumula 20 anos de experiência em comunicação empresarial. A categoria já publicou obras como "Anderson Spider Silva", "Giane - Vida, arte e luta", "Luiza Brunet" e "José Alencar - Amor à vida". Nesta quarta-feira (7) será lançada mais uma - "Todo dia é segunda-feira" -, na Livraria da Travessa, escrita pelo secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame. A obra conta histórias de sua vida, como o crime passional que marcou sua família, quando seu cunhado assassinou sua irmã mais nova, Ana Eunice, e se suicidou em seguida. 

Tags: brasil, lançamento, livro, mercado, sextante

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.